SB: CEI da Saúde rejeitada pelos vereadores

Os vereadores de Santa Bárbara d’Oeste rejeitaram, nesta terça-feira, o requerimento que solicitava a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investigaria ações da saúde do governo Denis Andia (PV). O próprio autor do requerimento Celso Ávila (PV) votou contra a abertura e foi hostilizado pelos vereadores Bebeto (SD) e Giovanni Bonfim (PDT), além da plateia presente. Bebeto e Giovanni afirmaram que quando fez o requerimento, em novembro passado, Ávila passou nos gabinetes agitando a abertura de CEI e pedindo “a cabeça” do secretário de saúde Dr. Dreisson Iatarola.
Diante de um cenário bagunçado, o clima esquentou durante as discussões e o presidente em exercício, Felipe Sanches (PSC) colocou em votação o requerimento que teve 9 votos favoráveis, 8 contrários, 1 abstenção e 1 ausência. O requerimento precisava de 10 votos para ser aprovado. A abstenção foi do vereador Gustavo Bagnoli (PSDB) que pediu explicação sobre a mudança de opinião de Celso Ávila antes de decidir seu voto. Como não obteve resposta do autor do requerimento, Bagnoli optou por se abster.  
JUCA: Juca chegou a participar da sessão, porém, “sumiu” sem que ninguém percebesse. Não houve explicação por parte do presidente que justificasse sua ausência. DECORRER DA DISCUSS??O:  Alex Backer (PV), que até então era a favor da CEI e assinou para sua abertura, usou a tribuna para dizer que – agora – a CEI se tornou politicagem e que não tem um fato para sua abertura. O questionamento nos bastidores é: quando Backer assinou a favor da abertura da CEI não existia um fato? Então por que ele assinou a favor? Fica a dúvida. 
O vereador Careca do Esporte (SD) que detonou a própria Câmara e disse que não votaria a favor da CEI pois sabe que acabaria em pizza. “Não acredito nessa CEI aqui porque termina em pizza. A culpa da situação da saúde barbarense também é nossa, dos vereadores, porque não fazemos nada, não é só chegar e jogar a culpa na administração”, desabafou. Careca acredita que os problemas na saúde devem ser investigado no Ministério Público. 

FIM DAS CONTAS: 
Celso Ávila saiu do plenário e não explicou por que votou contra ao seu próprio requerimento após ter pedido aos vereadores para que votassem a abertura da investigação. 
O vereador Bonfim e alguns vereadores deverão, nesta quarta-feira, entrar com mandado de segurança para abertura da CEI. 
Bebeto usou a tribuna para dizer que tem vergonha dos colegas que votaram contra a abertura da CEI e chamou Ávila de cara de pau.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE