Saúde de Nova Odessa apresenta dados aos vereadores

Na última quinta-feira (27) foi realizada na Câmara dos Vereadores a Audiência Pública da Secretaria de Saúde de Nova Odessa apresentando dados de todos os setores referentes ao 1º quadrimestre de 2021. A apresentação seguiu os preceitos da Lei Complementar nº 141, de 13 de janeiro de 2012. O secretário de Saúde, o médico Nivaldo Luís Rodrigues, apresentou as informações aos parlamentares e munícipes presentes – conforme as regras do Plano São Paulo.

Os vereadores fizeram vários questionamentos, entre eles sobre a realização de cirurgia de cataratas “represadas”, e que devem ser contratadas em breve por licitação. Também perguntaram sobre a realização de exames como ultrassom, que tem uma grande “fila de espera” na cidade. “São realizados cerca de 400 exames por mês, mas tem uma entrada de aproximadamente mil pedidos. Para este serviço também será aberto um processo de licitação para atender a demanda”, garantiu o médico.

Os vereadores manifestaram ao secretário que estão em busca e já conquistaram algumas emendas parlamentares para o setor. Entre os pedidos para deputados, os vereadores já “conquistaram” recursos para a compra de uma ambulância, de um aparelho de ultrassom e de um aparelho de raios-x. “E estão buscando ainda uma verba em conjunto para que possam adquirir um aparelho de tomografia. O objetivo é reduzir os custos com exames e agilizar os procedimentos”, apontou o secretário.

Ao final da audiência pública, praticamente todos os parlamentares presentes elogiaram o trabalho que vem sendo feito pela Secretaria da Saúde da Prefeitura e se colocaram à disposição para colaborar, principalmente buscando verbas, através de emendas parlamentares.

Ações

Ao final da apresentação, o secretário Nivaldo Rodrigues relatou algumas das principais ações realizadas nestes primeiros meses da nova gestão, período em que está à frente da pasta a convite do prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho.

Entre eles, as melhorias na UR (Unidade Respiratória) do Jardim Alvorada, incluindo a instalação de mais leitos, de aparelhos de ar condicionado, reforma de salas maiores para melhor acomodar a emergência, mais respiradores e uma nova rede de gases e aumento de cilindros, bem como a contratação de mais profissionais.

O médico falou também do Programa Contactantes (de prevenção, pesquisa toda família do paciente com Covid-19), da criação da “ala Covid” no Hospital Municipal, com mais 11 leitos respiratórios, a abertura da UBS (Unidade Básica de Saúde) 7 com foco na Saúde Mental, em atendimento desde o dia 05 de abril, e a abertura da Academia da Saúde desde 19 de abril, em parceria com uma faculdade e a atuação de estagiários de Fisioterapia no atendendo pós-Covid, de grupos de gestante e de idosos (AVC, dor crônica).

Nivaldo falou também da recente parceria com faculdades (FAM, NetWork e Anhanguera) e a da vinda de estagiários das áreas de Enfermagem, Fisioterapia e Psicologia para a Rede Municipal, que auxiliam nos atendimentos e implantação de programas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE