Sardelli quer recuperar verba da Gruta Dainese

O deputado estadual Chico Sardelli (PV), presidente da Assembleia Legislativa, esteve em audiência com a secretária estadual de Meio Ambiente, Patrícia Iglecias Lemos, tratando sobre o projeto de revitalização da Gruta Dainese, em Americana. Também participaram o secretário de Meio Ambiente da cidade, Adriano Camargo Neves, e o subsecretário Cícero Moura. “Tenho o compromisso, desde o início do meu mandato de deputado estadual, de buscar recursos para reurbanização do Parque da Gruta, uma importante área ambiental para Americana. Devido às dificuldades financeiras da Prefeitura não conseguimos avançar anteriormente, mas estamos retomando o processo com boa expectativa”, observou Sardelli. O deputado disse que a secretária encaminhou todo material entregue a respeito da Gruta para análise técnica. O secretário Adriano comentou que um levantamento completo da situação atual do Parque da Gruta foi apresentado à secretária estadual, com informações sobre as nascentes, a fauna existente, pontos de lançamento de esgoto, galerias que causaram erosão. “A água que corre na Gruta, por exemplo, vai para o rio Piracicaba. O tratamento do esgoto e despoluição local vão contribuir também com o rio Piracicaba”, citou. De acordo com o secretário municipal, com a revitalização, além de aproveitar a área para lazer e recreação da população, a ideia é ter um espaço de educação ambiental na Gruta, podendo receber grupos de estudantes e moradores. Reuso de água ??? Outro projeto apresentado por Adriano à secretária Patrícia trata do reúso de água dos poços artesianos. “Geralmente as pessoas lavam os galões ou garrafas quando vão pegar água e mesmo para beber no local há uma perda de água, que vai para o ralo. Calculamos essa perda em torno de 10% a 15%. ?? essa água que queremos aproveitar em áreas verdes públicas do município”, explicou. O projeto está estimado em R$ 100 mil para aquisição de 40 caixas d´água de 5 mil litros. A ideia é colocar duas caixas d´água em 20 poços artesianos, que têm maior consumo na cidade. Essas caixas serão ligadas aos ralos e, ao invés de ir para o esgoto, a água desperdiçada volta a ser armazenada, podendo ser usada pela Prefeitura em áreas verdes, inclusive retornando essa água para o lençol freático. “Se conseguirmos pegar água dessas caixas três vezes por mês, por exemplo, teremos 600 mil litros de água que podem ser reutilizados. Esperamos que, por intermédio do deputado Chico Sardelli, o governo possa liberar esse recurso e a mão de obra para instalação das caixas será da própria Prefeitura”, completou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE