Sardelli aperta cerco contra telefônicas

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) das Telecomunicações aprovou hoje à tarde na Assembleia Legislativa (17/06) requerimentos do deputado Chico Sardelli convocando presidentes das empresas de telefonia a prestar esclarecimentos, como da Claro, OI, Nextel, TIM e Vivo.
“O objetivo das convocações é a CPI obter informações que todos querem saber sobre a telefonia no Brasil, mas nunca conseguimos. Esse é um momento ímpar do trabalho dessa comissão que teremos a possibilidade de esclarecermos algumas dúvidas que o consumidor tem. Estou nessa CPI para auxiliar o consumidor a obter informações, como a questão do custo da telefonia, por exemplo. Queremos das empresas que operam no Brasil um serviço de excelência, assim como é prestado em outros países”, destacou.Os requerimentos de Sardelli, que é vice-presidente da CPI, aprovados hoje foram:1) Solicita a convocação de Carlos Hernán Zenteno de Los Santos, presidente da empresa Claro no Brasil, a fim de prestar esclarecimentos sobre a atuação da empresa no Estado e o grande número de reclamações de usuários quanto aos seus serviços.2) Solicita a convocação de Gokul Hemmady, presidente da empresa Nextel Brasil.3) Solicita a convocação de Bayard Gontijo, diretor-presidente da empresa OI no Brasil.4) Solicita a convocação de Rodrigo Abreu, diretor-presidente da empresa Telecom Itália Mobile (TIM) no Brasil.5) Solicita a convocação de Amos Genish, diretor-presidente da empresa Telefonica/Vivo no Brasil.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE