Salto Grande vai ter nova batalha dos aguapés

Dando seqüência aos trabalhos de retirada das macrófitas (aguapés) na Represa de Salto Grande, foram anunciadas nesta sexta-feira (2), pelo prefeito de Americana, Omar Najar; e pelo secretário de Meio Ambiente, Odair Dias; diversas novidades para a melhoria na represa, incluindo abertura de novas frentes para a remoção das plantas e revitalização na orla da represa.
Acompanharam a reunião o ex-deputado estadual Chico Sardelli, o deputado estadual Dirceu Dalben, o coordenador de Relações Institucionais do grupo CPFL, Sebastião Arcanjo; o engenheiro de meio ambiente da CPFL Renováveis, Daniel Daibert; e os vereadores municipais Thiago Martins, Marco Antonio Alves Jorge, o Kim, e Léo da Padaria.  A partir desta sexta-feira, parte da orla está interditada para máquinas da CPFL retirarem os aguapés e iniciar a revitalização do local, incluindo recapeamento, melhorias na área de lazer, instalação de nova iluminação e lombofaixas.
O prefeito Omar parabenizou a equipe pelo andamento dos trabalhos e falou sobre as obrigações de municípios vizinhos. ???Agradeço a presença de todos e o trabalho desempenhado pela secretaria, que tem tratado o assunto como prioridade. Aproveito a presença do deputado Dirceu, para pedir o auxilio e tomar frente nas tratativas, para cobrar as 19 cidades montantes que despejam poluentes na nossa represa. Não é justo Americana lidar sozinha com a situação e precisamos resolver isso???, disse. Sardelli acompanhou a afirmação do prefeito. ???Apesar dos esforços de todos os envolvidos, não podemos nos calar. Vemos a responsabilidade de 19 municípios que estão a montante poluindo a nossa represa e este prejuízo ambiental é incalculável. As nossas ações têm que ser também através do Ministério Público. A remoção dos aguapés é muito importante para a qualidade de vida e para o visual para nós que vivemos ali mas não é suficiente para o que queremos, que é a despoluição total da represa, que um dia tivemos???, disse Chico. ???Com este novo ponto, serão três frentes trabalhando ao mesmo tempo e retirando aproximadamente três hectares de aguapés diariamente, que equivale a 30 mil m². Estamos também represando uma quantidade da planta, que é necessária para o ecossistema, ao lado da usina. Enfim, o serviço está sendo feito, e em conjunto com vários grupos, secretarias e a população, queremos atrair novamente a população para a região???, disse o secretário de Meio Ambiente, Odair Dias.
De acordo com a programação, a nova etapa deve ser concluída em 45 dias. ???Até o momento, foram feitas 12 mil viagens de caminhão retirando os aguapés e temos como objetivo antecipar a conclusão do projeto, que é remover até outubro deste ano, 100 hectares???, disse o engenheiro de meio ambiente da CPFL Renováveis, Daniel Daibert.
O secretário Odair Dias, anunciou ainda a quarta frente referente às remoções na Praia Azul, com a introdução de maquinários por parte do Grupo de empresários CR2. O serviço será temporário e, de acordo com o secretário, irá auxiliar no projeto da Prefeitura Municipal.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE