Saiu com GP, não quis pagar e foram parar na delegacia

Um homem que contratou os serviços de uma garota de programa (GP) não quis pagar o serviço e os dois foram parar na delegacia. A Guarda Municipal de Americana (Gama) atendeu na tarde desta segunda-feira (3) a ocorrência de ‘desacerto’ na Vila Vitória. Por volta das 16h, a equipe dos patrulheiros W.Ribeiro e Nicolete, foi chamada para a rua Cano Francisco Sanches, após uma confusão um casal.
A Gama foi chamada porque o ajudante geral, de 43 anos, morador do Jardim dos Lírios não queria pagar a moça de 22 anos, moradora da Vila Mathiensen. Ela disse que tinha acertado um programa com o rapaz e o valor combinado era de R$ 70. Após notificá-lo sobre o custo, seguiu então o homem até o final da rua Francisco Cano Sanches, onde o fato consumou-se.
ELE QUIS O BIS- Na hora de pedir o pagamento, o homem queria transar mais uma vez por achar que o valor a ser pago ‘valia o bis’, mas ela não topou. Mediante a situação, a jovem decidiu acionar a Guarda Municipal, que por sua vez conduziu os dois até a Central de Polícia Judiciária (CPJ). Após serem ouvidos e registrado o boletim de ocorrência, ambos foram liberados.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE