Saiba tudo sobre automatização de investimentos

Falar de investimentos é um hábito que, aos poucos, fica mais comum entre os brasileiros. Mas, claro, nem todos estão familiarizadas ainda com o mercado financeiro, principalmente por causa do receio em perder dinheiro. Por sorte, a tecnologia e a economia se uniram para, entre outras coisas, acertar esses pontos de insegurança.

Desse avanço nasceu a automação de investimentos, uma saída para solucionar algumas dessas questões encontradas no mercado financeiro tradicional e que afligem ??? bastante, mas não exclusivamente ??? investidores principiantes, como onde investir, como equilibrar a carteira de ativos ou mesmo como realizar as operações no mercado de ações.
Trata-se de um conceito novo e, como tal, pode ser encarado com certa desconfiança, ainda mais porque o mercado de investimentos é muito tradicional. No entanto, a proposta é justamente facilitar a vida dos investidores não apenas com relação a tempo, mas também a gastos, pois a automação visa diminuir as taxas que envolvem as aplicações financeiras.
Mas, antes de tudo, o que é automação de investimentos?
De forma simplificada, a automação é uma evolução do mercado financeiro que não necessita de intervenção humana para ser executada, pois é feita por meio de algoritmos e regras predefinidas. ?? chamada de evolução, porque é capaz de unir todas as informações exatas, em um curto espaço de tempo, e definir com precisão quais as melhores estratégias de investimentos.
Como resultado, é como se todos tivessem acesso a estratégias de um investidor experiente, mesmo sem conhecimento. A automação permite, então, que se tenha alta performance no mercado de maneira rápida e simples, apenas com o preenchimento da rentabilidade esperada e o risco que pode suportar.
Definidos esses pontos, algoritmos passam a analisar, dentre os produtos financeiros disponíveis, quais são os mais indicados e qual o melhor momento para adquiri-los ou mesmo vendê-los. Esse sistema de investimentos inteligentes é conhecido como robô investidor, mais especificamente robô advisor (traduzido como ???robô consultor???).
Como funciona um robô advisor?
Como dito anteriormente, trata-se de um robô consultor, que avalia todas as variáveis e define quais as melhores estratégias de investimento. Para isso, é preciso que ele tenha disponíveis algumas informações básicas sobre o comportamento do investidor, como perfil, orçamento e prazos.
?? uma inteligência artificial aplicada ao mercado financeiro: cruzam-se todos esses dados em um intervalo de tempo muito curto. A partir daí, é criado um perfil exclusivo do investidor, com níveis retalhados de informações. Depois, com base na relação risco x retorno, o robô advisor consegue preparar uma carteira de ativos diversificada e especialmente pensada para cada um.
Na carteira, é possível encontrar os mais diversos tipos de aplicações; afinal, o robô faz uma varredura em todos os produtos financeiros disponíveis no mercado. Renda variável e fixa, diversos prazos, rentabilidades e tudo mais pensado para trazer o equilíbrio necessário e, assim, evitar perdas e prejuízos.
Quais os benefícios da automação de investimentos?
As atualizações no mercado financeiro são feitas justamente para que ele possa ser menos complexo e, portanto, mais acessível a todos os investidores. Por esse motivo, a principal vantagem em contar com o processo de automação de investimentos é ter essa facilidade de análise.
Aqui, é possível considerar não apenas o nível profissional com que ela é feita, sem haver necessidade em contratar um consultor especialista na área, mas também a quantidade significativa de produtos avaliados dentro de um curto espaço de tempo ??? o que seria inviável sem um sistema informatizado.
Tudo é feito com muita rapidez, a partir do momento em que se tem as informações necessárias. Principalmente para investidores com pouca ou nenhuma experiência, não é mais preciso ter um tempo grande de pesquisa e estudo, pois um robô advisor é capaz de traçar caminhos assertivos por meio de algoritmos.
Claro, aqui é importante ressaltar que a automação de investimentos não exclui a importância de adquirir conhecimento sobre o mercado e sobre o cenário político-econômico nacional e internacional. O ponto-chave é a possibilidade de fazer as duas coisas de forma concomitante.
Além disso, o processo inteiro é feito com segurança, desde que a empresa seja regulamentada. Nesse ponto, claro, a sinceridade do investidor também conta bastante, pois os robôs trabalham com informações precisas e não identificam dúvidas e ???achismos???.
Por fim, um ponto vantajoso bastante válido é a redução de custos com comissões e taxa de administração. Não tanto pela rentabilidade líquida, mas muito mais por ser um fator impeditivo para investidores menores, que não possuem tantos recursos para começar a aplicar, a redução dos gastos nesse momento inicial faz bastante diferença.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE