Edit

Saúde realizou mais de 81 mil atendimentos em 4 meses

Levando em conta que a cidade tem estimativa de cerca de 56 mil habitantes, o secretário municipal de Saúde, Sérgio Molina, apresentou que foram realizados 81.659 atendimentos entre as cinco unidades Básicas de Saúde, Ambulatório e Hospital Municipal em apenas quatro meses. Este e demais números foram apresentados na Audiência Pública da Secretaria Municipal Saúde, referente ao primeiro quadrimestre de 2016 (janeiro, fevereiro, março e abril), na tarde da última terça-feira, dia 31, na Câmara de Nova Odessa.
A queda no número de óbitos de 82 casos no 3º quadrimestre de 2015, para 72 no 1º quadrimestre de 2016 também chamou a atenção dos três vereados que acompanham os trabalhos: Carla Lucena (PSDB), Vagner Barilon (PSDB) e Sebastião Gomes dos Santos (PMDB), o Tiãozinho do Klavin. O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcelo de Arruda Leme, também acompanhou a audiência pública.
Na oportunidade os vereadores puderam questionar vários aspectos envolvendo a pasta e esclarecer dúvidas relacionadas aos dados apresentados pelo secretário. A despesa total com a Saúde neste primeiro quadrimestre foi de R$ 15,2 milhões.
Com 81.659 atendimentos em quatro meses, é o mesmo que se cada morador da cidade, de recém-nascido a idoso, tenha sido atendido uma vez e meia nos nossos serviços municipais de saúde.
Segundo o secretário, será necessária a implantação de uma fiscalização mais rigorosa, bem como visitas domiciliares para verificar se aquele paciente que está em tratamento, realmente mora no local.
Durante sua apresentação, o secretário de Saúde abordou vários tópicos relacionados aos atendimentos realizados por setor, por especialidade e também o Pronto Socorro. As pequenas cirurgias, internações, partos, serviços de odontologia e realização de exames. Assim como os serviços de ambulância, farmácia e vigilância. Falou ainda sobre os atendimentos e realização de exames fora do município. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE