Saúde orienta população dos cuidados na época de chuvas

A Prefeitura de Sumaré, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e da Defesa Civil Municipal, vem prestando contínuas orientações às famílias que entram em contato com água das chuvas, fato que pode acontecer nesta época do ano. A preocupação é evitar a incidência de doenças como leptospirose, dengue, diarreia, tétano ou acidentes causados por animais peçonhentos, mais comuns em áreas alagadas ou com lama e esgoto.
Além da população, a Secretaria de Saúde também vem reforçando junto aos profissionais da área os protocolos de atendimento de pessoas com suspeita destas doenças nas Unidades de Saúde.
De modo geral, a orientação é que as pessoas evitem contato com as águas das enchentes. Caso isto seja inevitável, o indicado é permanecer o menor tempo possível na água ou na lama e não deixar que as crianças nadem ou brinquem no local das enchentes. Além deste cuidado, é importante atentar-se para: 
1. Ao retornar para casa após uma enchente, evite pisar diretamente na água ou na lama ou manusear objetos que tenham sido atingidos por ela. Proteja os pés e as mãos com botas e luvas de borracha ou sacos plásticos duplos.2. Jogue fora medicamentos e alimentos (frutas, legumes, verduras, carnes, grãos, leites e derivados, enlatados etc.) que entraram em contato com as águas da enchente, mesmo que estejam embalados com plásticos ou fechados, pois, ainda assim, podem estar contaminados.3. Lave bem as mãos antes de preparar alimentos e ao se alimentar.4. Procure beber sempre água potável, que não tenha tido contato algum com as enchentes, e a utilize no preparo dos alimentos, especialmente das crianças menores de um ano. Para garantir que a água é segura para consumo, ferva-a por ao menos um minuto, ou adicione duas gotas de hipoclorito de sódio com concentração de 2,5% (água sanitária) para cada litro de água.5. Os frascos de hipoclorito de sódio a 2,5%, próprio para diluir na água de beber e cozinhar, podem ser encontrados em farmácias ou supermercados. Recentemente, a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou mil frascos do produto para que os CRASs (Centros de Referência de Assistência Social) distribuíssem gratuitamente à população atingida pelas chuvas dos últimos dias. Na falta dessas opções, utilize água sanitária, tomando o cuidado de adquirir apenas aquelas que tenham registro e não contenham outras misturas, como perfumes.6. Se sua casa foi atingida pela enchente, após o recuo da água providencie a limpeza e desinfecção dos ambientes, utensílios, móveis e outros objetos, adotando as seguintes providências:??? Usando luvas, botas de borrachas ou outro tipo de proteção para as pernas e braços (como sacos plásticos duplos), descarte para a coleta pública tudo o que não puder ser recuperado e remova ??? com escova, sabão e água limpa ??? a lama que restou nos ambientes, utensílios, móveis e outros objetos da casa.??? No caso dos utensílios domésticos (panelas, copos, pratos e objetos lisos e laváveis), lave-os normalmente com água e sabão. Depois, prepare uma solução desinfetante diluindo um copo (200 ml) de água sanitária (hipoclorito de sódio a 2,5%) em quatro copos de água (800 ml). Mergulhe na solução os objetos lavados, deixando-os ali por, pelo menos, uma hora.??? No caso dos pisos, paredes, móveis e outros objetos, após retirar a lama, lave o local com água e sabão e, a seguir, prepare uma solução diluindo um copo (200ml) de água sanitária (hipoclorito de sódio a 2,5%) para um balde de 20 litros de água. Umedeça um pano na solução e passe nas superfícies, deixando-as secar naturalmente.7. Se você tiver poço em casa e ele foi atingido por enchente é necessário fazer a desinfecção de sua água. Procure orientação na Vigilância Sanitária pelo telefone (19) 3873-2939 ou consulte o Comunicado CVS/EXP 37/2001, disponível no sitewww.cvs.saude.sp.gov.br.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE