Primeira e principal política de Nova Odessa a abraçar a ‘causa Bolsonaro’, Saday Okuma (PR) deve ser testada em pesquisas e deve ser convidada para ir para o PSL do presidente eleito.
Nova Odessa é das poucas cidades onde o PSL ainda não se organizou no pós eleição (1o turno). A última lista enviada ao TSE foi em abril deste ano. E ela tem quase metade de desfiliados e muita indefinição. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE