Edit

Rumo confirma nova travessia de pedestre na linha férrea em Nova Odessa

Em reunião realizada na última terça-feira, executivos da concessionária Rumo confirmaram ao prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho, a realização de duas importantes obras ao longo da linha férrea que devem ser concluídas até o final do primeiro semestre de 2024. Tratam-se da construção de uma nova passarela de pedestres ligando a Praça Central José Gazzetta à região do Jardim Flórida e o alargamento e modernização da passagem inferior de veículos que liga o Jardim Santa Rosa ao Jardim São Jorge e à região do Jardim Picerno (Sumaré).

A informação foi dada pelos executivos de relações governamentais Rodrigo De Stéfani e Marcelo Rodrigues. Os pedidos pelas duas intervenções haviam sido formalizados pelo prefeito à Rumo em maio deste ano, através de ofício entregue em mãos ao diretor de Relações Governamentais Norte da Rumo, Marcelo Rodrigues.

Estiveram presentes na reunião desta terça-feira os secretários de Obras, Miriam Cecília Lara Netto, Desenvolvimento, Samuel Marin, e de Meio Ambiente, Walter Bonaldo Filho, além dos adjuntos de Administração, Eduardo Mota, de Desenvolvimento, Rafael Brocchi, e de Obras, Renan Cogo.

“Pelo contrato de renovação antecipada da concessão pelo Governo Federal, a Rumo tem que finalizar estas obras até junho de 2024. Algumas obras de contrapartida ao novo contrato da empresa já haviam sido anunciadas em outras cidades da região, e agora finalmente Nova Odessa também recebe as melhorias que pleiteamos. São intervenções importantes para a segurança da nossa população e para a melhoria do tráfego de veículos”, comentou Leitinho.

PEDIDOS

Os representantes da concessionária confirmaram ainda a instalação de alambrado isolando os trechos urbanos da linha férrea (como ocorre na altura do Jardim Primavera, em Sumaré) e ouviram do prefeito algumas novas solicitações visando dar mais segurança aos pedestres que precisam transpor a linha. Entre elas, a construção de calçadas ao longo das futuras grades e de passarelas na altura da Rua Rio de Janeiro, no São Jorge, e em algum ponto ao longo da Rua Ilda Bagne da Silva. Tais pedidos vão ser imediatamente formalizados pela Prefeitura à empresa e ao Ministério da Infraestrutura, para análise e eventual aprovação.

Atualmente, os pedestres precisam cruzar a pé os trilhos entre a Praça José Gazzetta e o início da Rua Ilda Bagne, no Flórida. O pré-projeto apresentado ao prefeito prevê uma nova passarela com rampa em espiral dos dois lados, incluindo paisagismo e integrada à praça e iluminação. “O São Jorge é o bairro mais populoso de Nova Odessa, e essa obra é tão importante para nós quanto a passarela do Centro”, justificou Leitinho aos executivos.

Já a atual passagem inferior entre o Santa Rosa e o São Jorge e à região do Jardim Picerno é antiga e estreita, comportando a passagem de um veículo por vez. Neste caso, a obra a ser executada pela Rumo inclui o alargamento da passagem, comportando duas mãos de direção, e mais uma calçada para pedestres e iluminação.

“Nova Odessa quer essas melhorias com urgência. No caso da passagem para o Picerno, por exemplo, é um local estreito, que causa um estrangulamento no nosso trânsito, que já ficou obsoleto e que representa um perigo de acidentes muito grande. Ali já não comporta mais o tráfego atual, inclusive de quem vem e vai para Sumaré. No Centro, precisamos tirar nossos pedestres dos trilhos, eles precisam ter como atravessar com mais segurança, a qualquer momento do dia ou da noite”, apontou ainda em maio o vice-prefeito Alessandro Miranda, o Mineirinho.

DUPLICAÇÃO

Tais obras de resolução de conflitos urbanos compõem também o processo de duplicação da linha férrea da Malha Paulista, cuja concessão foi recentemente prorrogada de forma antecipada pelo Governo Federal por mais 30 anos, prevendo investimentos de R$ 6 bilhões pela Rumo nas cidades afetadas. O canteiro de obras da duplicação, que vem da direção Oeste do Estado em direção ao Litoral, já se encontra próximo de Nova Odessa. Serão, no total, 111 quilômetros de duplicação, até Campinas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE