Romi tem prejuízo, mas presidente vê futuro bom

As indústria Romi, de Santa Bárbara d’Oeste, tiveram resultado negativo de R$ 7,9 milhões no primeiro trimestre deste ano e que de 7% nas ações. Apesar do resultado ruim, o diretor-presidente da empresa, Livaldo Aguiar dos Santos, aponta que a empresa vai se recuperar com base nos números do Brasil

Enquanto a empresa apresentava Ebitda negavita em 2012, os números foram positivos em 2,3% este trimestre.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE