RMC tem queda no número de nascimentos pelo 2º ano consecutivo

Estudo da Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados), com base em informações das estatísticas do Registro Civil, mostra que houve decréscimo – pelo segundo ano consecutivo – no número de nascidos vivos em 2020 na RMC (Região Metropolitana de Campinas). No ano passado, nasceram nas 20 cidades que compõem a região 37.433 crianças, 2.380 a menos que no ano anterior (redução de 6%). Na comparação com 2018, foram registrados 3.626 nascimentos a menos (redução de 8,8%).

O levantamento foi feito pela Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas) e os dados estão disponíveis na plataforma “Estatísticas Vitais”, lançada pela Fundação Seade. Trata-se de um banco de dados de nascidos vivos e óbitos, cujas análises possibilitam acompanhar as transformações demográficas na população paulista. As informações são atualizadas mensalmente e produzidas com base nos registros dos cartórios do Estado de São Paulo. A plataforma é composta por um painel interativo no qual é possível visualizar os dados de óbitos e nascidos vivos por município, região administrativa, departamento regional de saúde e porte populacional dos municípios. Os gráficos e tabelas incluem informações desde 2000 sobre idade e sexo, além de mês de ocorrência.

Os motivos para essa diminuição são vários: maior escolarização, aumento do número de mulheres no mercado de trabalho, uso maior de contraceptivo, entre outros. E agora ganhou mais um ingrediente: a pandemia do novo coronavírus. O medo do contágio nos hospitais, a insegurança sobre os riscos do vírus às gestantes e recém-nascidos, as dúvidas sobre bem-estar emocional e a incerteza quanto a salários e empregos foram, e continuam sendo, possíveis explicações para o adiamento de gestações, de acordo com especialistas no tema.

ÓBITOS. Ao mesmo tempo em que o número de nascimento teve queda na região, os óbitos cresceram 16,6% entre 2020 e 2019: 21.948 contra 18.820. Se comparado a 2018, o crescimento é de 18% (foram 18.587 óbitos naquele ano). Entre os homens, a faixa etária que registrou mais mortes em 2020 foi 65 a 69 anos (1.403 registros). Em seguida, a faixa etária que vai dos 70 aos 74 anos (1.383). Os números mostram que, na RMC, os homens morreram mais cedo, na comparação com 2019, quando os maiores registros foram verificados nas faixas etárias 75/79 anos (1.122 óbitos) e 80/84 anos (1.103 óbitos). Já entre as mulheres, foram 1.511 óbitos na faixa etária acima de 90 anos e 1.280 registros entre as mulheres na faixa etária de 85 a 89 anos, isso em 2020. Essas duas faixas etárias também registraram o maior número de óbitos entre as mulheres em 2019 – 1.263 e 1.199 registros, respectivamente.

NASCIDOS VIVOS NA REGIÃO METROPOLITANA DE CAMPINAS EM 2020

MUNICÍPIO        MENINOS                           MENINAS                           TOTAL

Cam                    6.917                                    6.716                                    13.633

Sumaré              1.827                                    1.768                                     3.595

Indaiatuba         1.536                                    1.553                                     3.089

Hortolândia       1.414                                    1.416                                     2.830

Americana         1.232                                    1.197                                     2.429

Santa Bárbara    1.097                                    998                                        2.095

Itatiba                  647                                        704                                        1.351

Paulínia                752                                        674                                        1.426

Valinhos               643                                        617                                        1.260

Vinhedo               440                                        435                                        875

Monte Mor          433                                        430                                        863

Jaguariúna            362                                        341                                        703

Cosmópolis           321                                        322                                        643

Nova Odessa         339                                        293                                        632

Artur Nogueira      281                                        320                                        601

Pedreira                  213                                        249                                        462

Eng.Coelho             142                                        153                                         295

Sto. A. Posse           156                                        132                                        288

Holambra                   98                                          106                                        204

Morungaba                77                                          82                                           159

TOTAL RMC             18.927                                  18.506                                  37.433

Fonte: Fundação Seade

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE