Edit

Rinoplastia ‘bomba’ no Brasil. Sabe o que é?

Não é de hoje que o brasileiro recorre às cirurgias plásticas para melhorar sua aparência. Em 2020, somos o país que mais realiza esse tipo de procedimento no mundo, desbancando os Estados Unidos e diversos países da Europa, segundo a Sociedade internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS).

A rinoplastia, cirurgia plástica que remodela o nariz, ganha destaque nesse cenário e é certamente uma das cirurgias mais populares e buscadas por homens e mulheres. Mas por quais motivos? É isso que o Dr. Guilherme Scheibel, otorrinolaringologista e especialista em rinoplastia, vai explicar. “Atualmente, as pessoas buscam a rinoplastia não só para melhorar o visual, mas também para restaurar a função nasal, só para citar um exemplo”, analisa Scheibel.

Rinoplastia deixa o nariz (e o rosto) esteticamente mais bonito: A técnica cirúrgica trabalha no remodelamento dos ossos e cartilagens, dando uma nova forma ao nariz. Como o nariz fica em destaque no rosto, toda a face ganha uma aparência mais harmônica. “Um dos principais objetivos com o procedimento é deixar o nariz com um aspecto natural, para que o rosto fique mais atraente”, explica.

Isso serve para os casos de narizes com a famosa “giba”, ponta globosa, caída, com tortuosidades e etc. O Dr. Guilherme Scheibel atende muitas pessoas com esse perfil em seu consultório, que fica em Maringá (PR).

“As pessoas hoje procuram por um resultado cada vez mais natural. O meu objetivo é que as pessoas não percebam que foi feita uma rinoplastia, de tão harmonioso o nariz ficou com o rosto.”

Rinoplastia melhora a respiração e qualidade de vida: Quem disse que os benefícios da rinoplastia são só na estética? Nada disso. A cirurgia é capaz de deixar a pessoa mais bela e aliviar problemas respiratórios, tudo no mesmo procedimento. “Alterações nasais, como a obstrução, podem causar roncos e ainda estarem associadas a doenças como rinite e sinusite”, alerta o Dr. Guilherme Scheibel.

Segundo ele, uma intervenção cirúrgica relativamente simples, como a correção de desvio de septo, pode influenciar a função de respirar e melhorar até o desempenho em práticas esportivas, que requerem um bom condicionamento físico. “Com a rinoplastia, a pessoa só tem a ganhar em qualidade de vida”, completa.

Rinoplastia traz ganho de autoestima e bem estar: Quando o paciente realiza a cirurgia e curte o resultado, ele consequentemente adquire uma autoconfiança maior e a autoestima também melhora. É o que garante o especialista.

“Um dos principais fatores para buscar a rinoplastia é a autoestima. Às vezes, o formato do nariz deixa a pessoa incomodada ou até mesmo faz com que ela sofra críticas, bullying e assédio, e isso deixa marcas permanentes na confiança que ela tem em si”, ele afirma. “Se faço a pessoa se sentir bem consigo mesma após a rinoplastia, penso que a cirurgia foi bem sucedida”.

Rinoplastia é bem vinda em casos específicos de acidentes e traumas: Por mais estranho que isso possa parecer, fraturas no nariz são responsáveis por muitas procuras da rinoplastia. Episódios de acidentes, brigas, quedas, práticas de esportes… muitas situações podem levar a lesões na região nasal. Para esses casos, o doutor orienta os pacientes a procurar ajuda médica assim que possível.

 “Nesses casos, a recomendação é consultar um cirurgião logo após a lesão. Essa consulta é fundamental para saber se houve alguma fratura e se existe um prazo específico para corrigi-la”, indica.

Mas isso não vale só para episódios de fraturas no nariz; a decisão de fazer a rinoplastia precisa ser pensada com cautela e deve ser tomada após muita pesquisa e informação. A escolha do cirurgião, por exemplo, é de extrema importância. “Hoje se vê muitos profissionais não capacitados colocando os pacientes em risco. É preciso buscar dados sobre o médico, fazer contato com os pacientes que já passaram pelo consultório, entre outras atitudes”, conclui.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE