Rezende quer ‘encestar’ Corfebol em Americana

O secretário de Esportes de Americana, Foca Klein sinalizou positivamente a difusão e implantação do Projeto Corfebol, modalidade esportiva semelhante ao basquete, no currículo das escolas americanenses. A sugestão partiu do vereador Welington Rezende (PRP).
 Em reunião com o secretário esta semana, Rezende apresentou o projeto e seus benefícios, como a inclusão social e formação cidadã de jovens. O esporte, originado na Holanda e criado em 1903, ganhou força mundial.”Fomos propor mais uma modalidade esportiva para a população de Americana, modalidade essa que só tem realçado sua importância e força no meio esportivo mundial. O nome de Americana já foi divulgado e apresentado ao mundo através do Corfebol. A cidade é pioneira nesse esporte no Estado de São Paulo”, destacou o parlamentar. Rezende recebeu em seu gabinete a representante da Federação de Corfebol do Estado de São Paulo, Luciana Coelho Bortoleto. Luciana explicou que o esporte colabora na formação pessoal dos jogadores; o esporte é praticado com uma bola e cesta sem tabela; são quatro homens e quatro mulheres por equipe (homens marcam homens e mulheres as mulheres) e o objetivo é fazer a cesta, instalada a 3,5 metros de altura; o Corfebol exige exatidão e cálculo para arremesso e pode ser praticado na grama, areia ou quadra poliesportiva; e as regras do jogo conduzem os atletas a terem respeito ao próximo e requer compromisso coletivo. “O grupo americanense tem feito um trabalho espetacular com os jovens envolvidos, participando inclusive de campeonatos internacionais”, finalizou Rezende.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE