Restaurante é criticado na Internet por piada com violência doméstica

Uma hamburgueria de Salto, no interior de São Paulo, se envolveu em polêmica e foi criticada por criar um sanduíche cujo nome fazia piada com a lei Maria da Penha. A lei foi criada para proteger mulheres vítimas de violência doméstica.
O hambúrguer batizado como Maria da Penha leva repolho roxo em sua receita. As letras de olho roxo estavam destacadas com essa cor, numa tentativa de fazer humor. A ideia foi criticada no Instagram do restaurante.
O dono do estabelecimento tentou se justificar e mudou o nome do sanduíche no menu. Primeiro, rebatizou o lanche como O polêmico e depois mudou o nome para MMA, em outra referência violenta. As críticas continuaram.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE