Residencial das Árvores: vistorias começam

Os 720 habilitados para o Residencial das Árvores realizam, na próxima semana, as vistorias obrigatórias aos apartamentos. Os beneficiados escolheram seus apartamentos em sorteios realizados no fim de agosto. Agora, farão uma vistoria no imóvel, acompanhados por representantes da construtora Itajaí, responsável pela obra, e da Prefeitura de Nova Odessa.Quem vai morar no condomínio Ipê Roxo deve fazer a vistoria nos dias 15 e 16 de setembro (terça e quarta-feira da próxima semana), das 8h às 17h. Os futuros moradores do Ipê Amarelo farão as vistorias nos dias 17 e 18 de setembro (quinta e sexta-feira da próxima semana), também das 8h às 17h. Já quem escolheu apartamentos no Ipê Branco deverá fazer a vistoria nos dias 21 e 22, no mesmo horário.O diretor de Habitação, Tiago Lobo, alerta que não é necessário que todos os habilitados estejam às 8h na portaria do condomínio. “Peço que todos entendam que a vistoria acontece das 8h às 17h e cada vistoria demora, em média, 15 minutos. Não é preciso ir todo mundo de manhã. Estaremos lá para atender o dia inteiro”, explicou. Os futuros moradores devem procurar a portaria de seus respectivos condomínios.No dia 19 de setembro, acontecem as reuniões para escolha de síndico, no Ginásio Municipal de Esportes Adriana Daniel de Camargo, o Adrianinha, no bairro São Manoel, também dividida por condomínios. Habilitados do Ipê Roxo escolhem o síndico às 9h, do Ipê Amarelo, às 13h e do Ipê Branco, às 16h.Lobo explicou que quem não fizer a vistoria não poderá assinar o contrato com a Caixa Econômica Federal. Após a assinatura de contrato começa a etapa de registro das escrituras em cartório e agendamento de mudança. “Toda mudança terá que ser agendada, de acordo com a ordem de entrega dos blocos. ?? uma exigência dos programas que financiaram as obras do residencial, além de garantir mais organização na ocupação dos imóveis”, completou Lobo.
ABERTURA DE CONTAS ??? Todos os habilitados devem abrir conta corrente ou poupança na Caixa Econômica Federal. Até agora, apenas 250 habilitados cumpriram essa exigência do programa Minha Casa, Minha Vida. O diretor de Habitação lembra que quem não passar por essa etapa também não poderá assinar o contrato. “Quem já tem conta corrente ou poupança deve procurar um correspondente bancário da Caixa Econômica Federal e informar os dados bancários”, alertou.
O EMPREENDIMENTO – O Residencial das Árvores é uma parceria entre governo municipal, governo estadual, por meio do programa Casa Paulista, e governo federal, por meio do Minha Casa, Minha Vida. São 720 apartamentos de 53 metros quadrados, divididos em três blocos que receberam os nomes de Ipê Roxo, Ipê Amarelo e Ipê Branco.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE