Repórter da Globo relata “choro e desespero” por suposto abuso

Após esclarecer o mal-entendido sobre um suposto abuso que teria sofrido por um auxiliar de filmagem, a repórter da TV Globo, Fabíola Andrade, voltou a se manifestar nas redes sociais relatando momentos de “choro e desespero”. 
Na última segunda-feira (19), a repórter da TV Globo reviu as imagens do ocorrido, conversou com o colega e concluiu que não foi abusada ou assediada. Em um texto publicado em sua conta no Facebook, Fabíola relata tudo o que sentiu desde a madrugada de domingo (18) para segunda-feira (19), quando um primeiro vídeo começou a circular nas redes sociais. 
Muitas pessoas acreditaram que o profissional teria passado a mão nas nádegas da repórter durante o jogo entre Corinthians e Vasco, no último sábado (17). No entanto, novas imagens analisadas pela própria jornalista mostraram que ele estava apenas enrolando o cabo de um equipamento. 
 “Vídeo. Abuso. Choro. Desespero. Facada. Dor. Exposição. Maldade. Muita dor???”, escreveu Fabíola ao descrever as primeiras impressões que teve ao ter contato com o vídeo. Em seguida, ela relata a “pressão” por um pronunciamento oficial e muitos pedidos de entrevistas sobre o caso. 
 Depois, a jornalista começa a relatar a resolução do mal-entendido e cita uma ligação do profissional envolvido. Em seu texto, Fabíola conta que o colega de trabalho se defendeu das acusações. Na conclusão, a repórter da TV Globo relata a “injustiça” sofrida pelo auxiliar após o novo vídeo. 
 “Uma ligação. ?? ele. Atende! Pra quê? ‘Ouve o seu coração’. Não fez? ‘Não fiz, juro! Nunca’. Choro. Desespero. Medo. Julgamento. Mas eu? Julgar? Fez sim! Olha o vídeo! Abusador. Vagabundo. Não fez. Ele me disse. Eu senti. Não fez. Não merece. Injustiça. Dor. Choro. Desespero. Novo vídeo. Não fez. Não fez. Eu sei que não fez. Senti”, escreveu a jornalista.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE