Região inicia vacinação em novo grupo; veja calendário

SUMARÉ:

A Secretaria Municipal de Saúde de Sumaré inicia nesta sexta-feira, dia 11, a vacinação contra o coronavírus para os profissionais da Educação a partir dos 18 anos, seguindo o Plano Estadual de Imunização e ampliando, dessa forma, o público a ser imunizado na cidade. A vacinação será das 9 às 16 horas, no Centro Esportivo “Vereador José Pereira”, Rua Sebastião Raposeiro Júnior, nº 261, Vila Yolanda Costa e Silva. É obrigatória a apresentação do documento com foto, comprovante de endereço, QRCode e holerite.

Já para a segunda dose a vacinação é oferecida em endereços localizados em pontos descentralizados da cidade, para melhor atendimento à população, de segunda a sexta-feira, entre 9 e 16 horas. É preciso apresentar comprovante de residência atualizado e documento pessoal com foto. Para os acamados, a vacina é oferecida em domicílio. O responsável deve entrar em contato com a unidade de saúde onde o paciente é cadastrado e fazer o agendamento.

Locais de vacinação:

•CCTI (Centro de Convivência da Terceira Idade): Avenida Brasil, nº 1.111, Jardim Nova Veneza (horário de vacinação: das 9 às 15 horas);

• Centro Esportivo “Vereador José Pereira” – Rua Sebastião Raposeiro Júnior, nº 261, Vila Yolanda Costa e Silva;

• EM Profª Neusa de Souza Campos – Rua das Rosas, nº 320, Parque Rosa e Silva;

• EE Ângelo Campo Dall’orto – Avenida São Paulo, nº 466, Jardim Nova Veneza (entrada pela Rua Ceará);

• EM Anália Oliveira Nascimento – Rua Maria Conceição da Rocha Ferraz, nº 565, Jardim Bom Retiro;

• EE Profª Flora Ferreira Gomes – Rua Alipio Cassiano Dutra, nº 545, Ângelo Tomazin;

• EM Jardim Lúcia – Avenida Emílio Bosco, nº 965, Jardim Lúcia;

• Clube Recreativo – Avenida Rebouças, 863, Centro.

Campanha Solidária do Bem

Para quem quiser e puder participar da Campanha Solidária do Bem – promovida pelo Fundo Social de Solidariedade de Sumaré para arrecadação de alimentos não perecíveis destinados às famílias do município em situação de vulnerabilidade nesse período de pandemia do coronavírus – basta deixar a doação nos espaços que foram reservados em cada um dos postos de vacinação. Mas atenção: só devem se dirigir a esses locais as pessoas que fazem parte do público-alvo da campanha de imunização contra a Covid-19 para evitar tumultos e aglomerações. A sua colaboração ajuda muita gente que está passando por momentos difíceis.

Americana abre agendamento para vacinação no sábado

SANTA BÁRBARA

Nesta sexta-feira (11) a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste antecipará a vacinação contra Covid-19 para pessoas entre 55 e 59 anos (sem comorbidades) e iniciará para profissionais da Educação de 18 anos ou mais. Não há necessidade de agendamento.

A vacinação ocorre, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, nos ginásios municipais “Djaniro Pedroso” (Rua Prudente de Moraes, 250, Centro), e “Mirzinho Daniel” (Rua Bororós, s/nº, Jardim São Francisco), e na Casa de Maria (Rua Mococa, 510, Jardim das Laranjeiras).

As pessoas com idade entre 55 e 59 anos (sem comorbidades) devem ter em mãos o CPF e comprovante de endereço em seu nome. Os profissionais da Educação anteriormente devem se cadastrar no site VacinaJá Educação do Estado: www.vacinaja.sp.gov.br/educacao. Após isso, apresentar no ato da imunização o QR Code deste cadastro, RG e CPF.

Nesta semana teve início a imunização para Pessoas com Deficiência Permanente (18 anos ou mais) que não estão cadastrados no BPC (Benefício de Prestação Continuada), profissionais da Educação de 45 e 46 anos e grávidas e puérperas sem comorbidades com 18 anos ou mais.

O Plano de Vacinação no Município é desenvolvido com cronograma de prioridades, seguindo diretrizes do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde e mediante envio e disponibilidade de doses.

Orientações sobre documentação para públicos inseridos na vacinação contra Covid-19:

Entre 55 e 59 anos

– CPF
– Comprovante de endereço no nome da pessoa

Profissionais da Educação (18 anos ou mais)

– Cadastro deve ser realizado no site VacinaJá Educação: www.vacinaja.sp.gov.br/educacao
– QR Code
– RG
– CPF

Cadastro – O Governo do Estado de São Paulo abriu o cadastro para vacinação de profissionais da Educação de Santa Bárbara d’Oeste com 18 anos ou mais no site: www.vacinaja.sp.gov.br/educacao. A nova fase abrangerá todos que ainda não foram vacinados e os que atuam nas unidades escolares ou em órgãos administrativos, como Secretarias da Educação e Diretorias de Ensino.

Grávidas e puérperas sem comorbidades (18 anos ou mais)
(puérperas: mulheres que deram à luz num período de até 45 dias)

– CPF
– Comprovante de endereço
– Cartão do pré-natal

Grávidas e puérperas com comorbidades (18 anos ou mais)
(puérperas: mulheres que deram à luz num período de até 45 dias)

– CPF
– Comprovante de endereço
– Cartão do pré-natal
– Cópias de carta ou atestado médico, além de exames e receitas, caso necessário.

Pessoas com comorbidades (18 anos ou mais)
Lista de comorbidades definidas para prioridade na vacinação abaixo

– CPF
– Comprovante de endereço no nome da pessoa
– Cópias de carta ou atestado médico, além de exames e receitas, caso necessário.

As cópias ficarão retidas nos pontos de vacinação.

Hipertensos (uso de um medicamento anti-hipertensivo ou mais)

– CPF
– Comprovante de endereço no nome da pessoa
– Cópias de atestado médico ou receitas que comprovem o uso de um medicamento anti-hipertensivo ou mais.

As cópias ficarão retidas nos pontos de vacinação.

Pessoas com Deficiência Permanente – BPC (18 anos ou mais)

– CPF
– Comprovante de endereço no nome da pessoa
– Comprovante do recebimento do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social

Pessoas com Deficiência Permanente (18 anos ou mais)

– CPF
– Comprovante de endereço no nome da pessoa
– Apresentação de laudo médico que indique a deficiência, ou comprovação de atendimento em Centro de Reabilitação ou unidade especializada, ou documento oficial com indicação da deficiência, ou cartões de gratuidade do transporte público e ou ainda autodeclaração (na ausência de outro tipo de documento).

Idosos (60 anos ou mais)

– CPF
– Comprovante de endereço no nome da pessoa

Pessoas com Síndrome de Down

Para pessoas com Síndrome de Down que ainda não se vacinaram, devem procurar pelos pontos de vacinação para o recebimento da 1ª dose. Vale ressaltar que os alunos da APAE já foram vacinados na própria instituição pela Secretaria de Saúde.

Profissionais da Saúde

Segue convocação de profissionais de Saúde pela Secretaria de Saúde. A imunização é voltada para trabalhadores que atuam no Município. Para mais informações, o profissional pode entrar em contato, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, pelo telefone 3455.1654.

Lista de comorbidades

As comorbidades definidas para prioridade na vacinação são: doenças cardiovasculares, incluindo insuficiência cardíaca, hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndrome coronariana, valvopatia, miocardiopatia e pericardiopatia, doença da aorta, doença dos grandes vasos e fístulas asteriovenosas, arritmia cardíaca, cardiopatias congênitas, próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados; diabetes, pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial resistente, hipertensão arterial estágio 3, hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo, doença cerebrovascular, doença renal crônica, imunossuprimidos, anemia falciforme, obesidade mórbida, cirrose hepática e HIV.

Em caso de dúvidas sobre a vacinação contra a Covid-19 no Município, a pessoa pode entrar em contato, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, pelo telefone 3455.1654.

 

NOVA ODESSA

As equipes da Prefeitura de Nova Odessa que atuam na Campanha de Vacinação Contra a Covid-19 aplicaram na quinta-feira (10/06) mais 312 doses dos imunizantes, atingindo a marca de 19.286 doses aplicadas desde janeiro. Foram mais 303 primeiras doses, totalizando 13.357 pessoas com ao menos uma vacina, além de mais nove segundas doses, totalizando 5.929 novaodessenses já com o esquema vacinal completo.

A cidade, chegou, assim, a 21,9% da população com ao menos uma dose, e 9,7% com ambas as doses. Além disso, novos grupos passam a ser vacinados na cidade.

GRUPOS

Além das segundas doses, vêm sendo vacinados em Nova Odessa atualmente os portadores de deficiências permanentes a partir dos 18 anos com BPC (Benefício de Prestação Continuada), os adultos com as comorbidades indicadas pelo Ministério da Saúde e idades entre 30 a 59 anos e os idosos de 60 anos ou mais que eventualmente ainda não tomaram a primeira dose.

Nesta semana, passaram a ser vacinados também os adultos com comorbidades de 18 a 29 anos (desde 07/06), as grávidas e puérperas (nas UBSs – Unidades Básicas de Saúde, desde 09/06) e os profissionais da Educação de 45 e 46 anos com o QRCode emitido pelo sistema de cadastramento do Governo do Estado (desde 09/06).

Desde quinta-feira (10/06), passaram a ser imunizados com a primeira dose também os portadores de deficiências permanentes a partir dos 18 anos sem BPC. Finalmente, nesta sexta-feira (11/06), passam a ser imunizados também os profissionais da Educação de 18 a 44 anos com QRCode.

MÊS DE NASCIMENTO

Quem está nestes grupos pode continuar procurando a equipe que atua no Ginásio do Jardim Santa Rosa, nos dias úteis, das 8h às 15h45, para receber a vacina – além de todos que ainda precisam tomar a segunda dose, seja na data marcada na “caderneta” ou dia útil seguinte, ou mesmo após essa data de retorno.

Em todos estes casos, para evitar aglomerações no Ginásio de Esportes do Jardim Santa Rosa, os novaodessenses devem comparecer ao local no dia da semana reservado para seu mês de nascimento. Assim, quem nasceu em janeiro, fevereiro ou março será vacinado às segundas-feiras; quem nasceu em abril, maio e junho às terças; os nascidos em julho e agosto às quartas; os de setembro e outubro às quintas; e nascidos em novembro e dezembro às sextas-feiras.

Já as gestantes e puérperas devem ir diretamente à UBS (Unidade Básica de Saúde) onde realizam ou realizaram o pré-natal, ou à qual estão referenciadas, em qualquer dia da semana.

COMORBIDADES

A lista “atualizada” das comorbidades aceitas inclui: doenças cardiovasculares, insuficiência cardíaca (IC), cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndromes coronarianas, valvopatias, miocardiopatias e pericardiopatias, doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas no adulto, próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados, diabetes mellitus, pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial em geral, doença cerebrovascular, doença renal crônica, imunossuprimidos (transplantados, pessoas vivendo com HIV, doenças reumáticas em uso de corticoides, pessoas com câncer), anemia falciforme ou talassemia maior (hemoglobinopatias graves), obesidade mórbida e cirrose hepática.

Também foram incluídas na lista das comorbidades as seguintes doenças neurológicas: doença cerebrovascular (acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico, ataque isquêmico transitório, demência vascular), doenças neurológicas crônicas que impactem na função respiratória indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla e condições similares, doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular, deficiência neurológica grave.

REGRAS, DICAS E DÚVIDAS

Para receber as doses, qualquer pessoa de 18 a 59 anos com as comorbidades aceitas deve apresentar comprovante da condição de risco por meio de exames, receitas, relatório médico, carta, laudo ou prescrição médica do(s) medicamento(s) – sempre com o número de registro do CRM do profissional emissor. Além dos documentos para comprovação da doença crônica (incluindo hipertensão), a pessoa deve levar também CPF e comprovante de endereço recente em Nova Odessa.

As dúvidas de moradores de Nova Odessa sobre a 2ª etapa da Campanha de Vacinação Contra a Covid-19 para grupos prioritários podem ser sanadas através do WhatsApp (19) 99747-6502. O canal responde sempre em horário comercial e nos dias úteis.

A Secretaria de Saúde da cidade ressalta sempre a importância de continuar mantendo todas as medidas de proteção enquanto durar pandemia como formas de combater a disseminação do novo coronavírus, principalmente o uso constante de máscaras, a higienização das mãos com água e sabão ou o uso do álcool em gel a 70% e o isolamento social, evitando-se aglomerações a todo custo.

Saiba mais sobre as regras e exigências para ser vacinado em http://www.novaodessa.sp.gov.br/, https://www.facebook.com/PrefeituradeNovaOdessa/ e https://www.instagram.com/prefeituradenovaodessa/.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE