Região começa vacinação contra gripe na segunda

AMERICANA

A Secretaria de Saúde de Americana inicia na próxima segunda-feira (12) a campanha de vacinação contra a gripe. A vacina estará disponível em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município, das 8h30 às 16h e não haverá necessidade de agendamento, portanto, o atendimento será por demanda espontânea. É obrigatório que o vacinado apresente cartão de vacina e comprovante de endereço.

Os grupos contemplados nessa primeira fase são crianças com idade de seis meses até seis anos, gestantes, independente do período gestacional, puérperas (até 45 dias de pós-parto) e profissionais de saúde. Tanto as gestantes como as puérperas deverão levar o cartão de pré-natal como comprovante, já os profissionais de saúde devem apresentar um holerite ou carteira de trabalho, comprovando que está em atividade no município.

Para evitar aglomerações, a equipe de cada unidade fará a organização da fila, caso seja necessária, obedecendo ao distanciamento mínimo entre um indivíduo e outro, sendo que a aplicação será dentro da sala de vacina, enquanto que o imunizante contra a Covid-19 está sendo aplicado em outro espaço das unidades.

O município recebeu 28% da grade de vacina contra a gripe que contempla a primeira fase, sendo que haverá a reposição gradativa do imunizante, conforme a evolução da campanha.

Nessa primeira etapa, o município terá como meta vacinar 3.963 crianças de seis meses a dois anos; 8.040 crianças com idade entre dois e quatro anos; 2.769 crianças com cinco anos; 1.982 gestantes; 326 puérperas e 7.141 trabalhadores da saúde, totalizando 24.221 pessoas referentes a esse público-alvo. Os dados são informados pela Secretaria Estadual da Saúde, com base no histórico de campanhas anteriores, especialmente à campanha de 2020. Em relação à cobertura vacinal, a meta a ser atingida é de 90% para cada grupo referente a cada fase da campanha.

Para evitar um conflito com a vacina da Covid-19, a campanha contra a gripe deste ano dará prioridade inversa em relação às faixas etárias, o que também contribuirá para um menor volume de pessoas nas unidades, a fim de se evitar aglomerações.

O secretário de Saúde, Danilo Carvalho Oliveira, ressaltou a importância de todos os indivíduos contemplados nos grupos prioritários se vacinarem, apesar da pandemia. “É evidente que a Covid-19 é de longe o maior problema de saúde pública atual, mas é preciso também destacar que a gripe é uma doença de grande importância médico-sanitária e que a vacina é um meio seguro e eficaz para reduzir os casos e a mortalidade”, concluiu.

 

SANTA BÁRBARA

A Campanha de Vacinação contra a Gripe em Santa Bárbara d’Oeste terá início na segunda-feira (12), para crianças na faixa etária de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e puérperas (mulheres que deram a luz num período de até 45 dias), trabalhadores da Saúde e população indígena. As doses estarão disponíveis em 12 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) sem necessidade de agendamento, com os públicos divididos de acordo com a lista abaixo.

 

Um Dia D da Campanha deverá ser realizado no decorrer do mês de maio, com mais detalhes a serem definidos e divulgados pela Secretaria de Saúde. O Município seguirá as determinações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde com a divisão das datas dos públicos-alvo.

 

De 12 de abril a 10 de maio: vacinação para crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e puérperas (mulheres que deram a luz num período de até 45 dias), trabalhadores da Saúde e população indígena.

 

De 11 de maio a 8 de junho: vacinação de idosos (60 anos ou mais de idade) e professores.

De 9 de junho a 9 de julho: vacinação de grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas.

 

A Campanha de vacinação contra a Influenza poderá coincidir em alguns casos com a realização da vacinação contra a Covid-19. Para os públicos que já iniciaram o esquema vacinal da Covid-19, deve-se aplicar a vacina influenza respeitando o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas. Além disso, todas as medidas de prevenção à transmissão da Covid-19 nas ações de vacinação contra Influenza serão adotadas.

 

Confira os públicos-alvo de acordo com os pontos de vacinação contra a gripe a partir de segunda-feira (12):

Crianças na faixa etária de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e puérperas (mulheres que deram a luz num período de até 45 dias) e população indígena.

 

– UBS do São Fernando

Rua do Centeio, 38, Jardim São Fernando

 

– UBS do 31 de Março

Rua 23 de Maio, 196, 31 de Março

 

– UBS do Jardim Esmeralda

Rua Ribeirão Preto, 110, Jardim Esmeralda

 

– UBS do Cruzeiro do Sul

Rua Coronel Hélio Caldas, 57, Cruzeiro do Sul

 

– UBS do Planalto do Sol 2

Rua Mombuca, 385, Planalto do Sol 2

 

– UBS Regional Zona Sul

Rua José Calixto, 100, Santa Rita

 

Trabalhadores da Saúde

 

– UBS da Cidade Nova

Rua do Algodão, 1.441, Cidade Nova

 

– UBS do São Francisco

Rua Cariris, 400, Jardim São Francisco 2/Santa Rita

 

– UBS do Jardim Europa

Rua Portugal, 522, Jardim Europa

 

– UBS do Mollon

Rua do Cobre, 850, Mollon

 

– UBS do Jardim Laudissi/Romano

Rua Profeta Jeremias, 140 – Jardim Laudissi/Romano

 

– UBS do Grego/Furlan

Rua Arthur Amaral, 30, Vila Grego

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE