Qual vai ser a cor do seu próximo carro? ​

Você já parou para pensar como você raciocina na hora de escolher a cor do seu próximo carro? Você é do tipo que pensa na valorização do carro na hora da revenda, ou faz parte daquele grupo que quer uma cor diferente e personalizada para chamar a atenção mesmo? Tem pessoas que mudam de marca e modelo, mas nunca mudam de cor e conheço um colega que até organiza uma votação familiar para definir que cor comprar!

O que é certo é que esse é um momento muito especial no processo de compra de um automóvel, que envolve também fatores emocionais e que vão muito além de uma simples decisão lógica.

Pensando nisso e na importância que a cor tem nesse mundo automotivo, nós aqui na BASF colocamos muito esforço para tentar entender esse processo, conhecer as preferências dos consumidores de veículos e também identificar tendências que ajudem os designers de nossos clientes a se inspirarem na criação de seus modelos futuros.

O estudo de tendências de cores, por exemplo, tem sido uma ferramenta muito importante para nossos clientes e tem se mostrado muito efetivo em suas previsões no passado recente, como o que ocorreu em 2007, quando a BASF foi a primeira empresa a apontar o branco como uma tendência futura em cores de automóveis. Para quem não se lembra, naquela época, o branco era cor de taxis e veículos comerciais e ninguém imaginava essa cor em veículos de luxo.

Hoje o branco está em quase 40% dos carros que são produzidos aqui na América do Sul e isso não é nada diferente em outras partes do mundo. Isso só se tornou realidade devido ao trabalho árduo de nossos designers e especialistas em cores automotivas para transformar aquele branco “geladeira” em um branco sofisticado e atraente.

Aliás, a América do Sul é uma região onde a cor é muito presente em sua cultura – como no carnaval, roupas típicas, arquitetura tradicional, arte naïf e até mesmo a miscigenação dos povos que aqui habitam –, por outro lado, somos a região mais conservadora em termos de cores de automóveis. O que predomina em nossas ruas é justamente o branco, preto, prata e cinza, com 87% do total de veículos produzidos anualmente, percentual maior do que América do Norte, Europa ou Asia.

Outra curiosidade é sobre as cores cromáticas (ou seja, todas, exceto branco, preto, prata e cinza). Aqui na América do Sul, o vermelho tem um destaque especial (9% do total), enquanto em outras regiões a cor de destaque é o azul.

Eu, particularmente, adoro o azul, mas infelizmente não há tantos modelos com esta cor disponíveis para venda e acabei entrando para a lista dos que compraram um carro cinza! Espero ter mais sorte na próxima vez e conseguir comprar meu futuro carro azul!

E você? Qual vai ser a cor do seu próximo carro? Se você se juntar a mim para trazer mais cores para nossas ruas, saiba que nós aqui na BASF já estamos preparados com um portfólio atual de mais de 2300 cores diferentes sendo vendidas em todo o mundo e agregando, pelo menos, 400 cores novas nesta lista a cada ano – mais de uma cor nova todos os dias!

Aqui na BASF inovamos e criamos química para um futuro sustentável e ajudamos nossos clientes automotivos a deixar nossas ruas mais coloridas!

Marcos Fernandes é Diretor de Tintas Automotivas da BASF para a América do Sul

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE