Quadro clínico de Dona Marisa é irreversível

O estado de saúde da ex-primeira dama, Marisa Letícia é considerado irreversível. Segundo os médicos, a mulher do ex-presidente Lula não tem mais fluxo cerebral, está sedada e respira com a ajuda de aparelhos. 
Na terça-feira, Dona Marisa teve uma pequena melhora, sendo retirado o sedativo. Por volta das 16h desta quarta-feira o quadro voltou a piorar. 
Segundo o cardiologista do Sírio Libanês, Roberto Kalil Filho, três motivos levaram à piora do estado de saúde da ex-primeira-dama. A inflamação e o edema causados pelo AVC não regrediram, a pressão intracraniana aumentou e houve vasoespasmos (contrações de vasos sanguíneos) no cérebro. Durante a noite, ela passou por um exame para avaliar o fluxo sanguíneo no cérebro. Os resultados mostraram uma circulação mínima de sangue.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE