PT e PSol boicotarão posse de Bolsonaro na Câmara

O PT anunciou nesta sexta-feira (28), em nota, que os parlamentares do partido não estarão presentes na cerimônia de posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), marcada para o dia 1 de janeiro. O presidente do PSOL, Juliano Medeiros, afirmou pelo Twitter que o partido também não participará, colocando: ???nossa resistência já começou???. 
 Dentre as justificativas do PT para não comparecer à posse estão ???ódio do presidente eleito contra o PT, os movimentos populares e o ex-presidente Lula é expressão de um projeto que, tomando de assalto as instituições, pretende impor um Estado policial e rasgar as conquistas históricas do povo brasileiro???. A nota do partido também cita que as posições e opiniões de Bolsonaro ???estimulam o ódio, a intolerância e a discriminação???. 
 A nota é assinada por Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara; Lindbergh Farias, líder do PT no Senado; e Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT. O partido tem a maior bancada no Congresso, com 56 deputados federais e quatro senadores eleitos.

Representando o PSOL, Juliano relatou que a bancada do partido foi convidada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a posse, como é de praxe. ???Mas como prestigiar alguém que despreza os direitos humanos, promete colocar o Brasil de joelhos diante dos EUA e destruir os direitos sociais????, questionou, anunciando a ausência dos parlamentares.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE