PSDB expulsa nome que vinha forte a deputado

Nome forte para deputado federal este ano e que já contava com apoios na região, o tucano João Cury foi expulso pelo PSDB esta segunda-feira após assumir a Secretaria da Educação do governo Márcio França (PSB).

Ao menos um vereador de Santa Bárbara d’Oeste, Isac Sorrilo (DEM), iria apoiar Cury na campanha deste ano.

A decisão do presidente estadual do PSDB, Pedro Tobias, de expulsar Cury causou novo atrito entre alckmistas que defendem a candidatura do ex-prefeito João Doria e os que estão mais próximos do atual governador, que tentará a reeleição em outubro.

Alinhada com Doria, a cúpula estadual do PSDB quer evitar que o ex-prefeito seja “cristianizado” como Geraldo Alckmin foi na eleição para a Prefeitura da capital em 2008, quando tucanos ligados ao então governador José Serra (PSDB) apoiaram a reeleição do então prefeito Gilberto Kassab, à época no DEM e hoje no PSD, contra Alckmin, que ficou em terceiro lugar na disputa.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE