Prática de musculação na terceira idade é benéfica

Em 2018 o número de idosos (acima de 60 anos) no Brasil alcançou a marca de 28 milhões de pessoas. A estimativa é que esse número aumente consideravelmente até 2042, chegando a 57 milhões de idosos. Foi-se o tempo que o idoso era aquele senhor que ficava jogando dominó na praça ou da senhora que fazia crochê assistindo a todas as novelas da televisão. Hoje o idoso é ativo, prioriza a saúde e as atividades de lazer.

Com esse novo perfil do idoso, muda também a expectativa de vida do brasileiro, que pode viver melhor e com uma melhor qualidade de vida. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a expectativa de vida do brasileiro chegará a 80 anos de idade em 2040.

A preocupação pela qualidade de vida passou a ser fundamental e isso é notado também pelo aumento da procura de idosos nas academias do país. Segundo a Associação Brasileira de Academias ??? Acad Brasil, o percentual de idosos que se matricularam em uma academia passou de menos de 5%, no início da década passada para 30% na atualidade.

O empresário Carlos Roberto Madalosso (72 anos) desconhecia a prática de atividades físicas até seus 55 anos. ???Comecei caminhando no parque, participei de grupo de corrida e hoje pratico regularmente musculação 3 vezes por semana e natação nos outros dois dias???, conta. Segundo Madalosso, o principal benefício foi melhorar a qualidade de vida e a qualidade do sono, frequentando médicos apenas para rotina e não mais por problemas de saúde.

Os exercícios físicos devem ser praticados a vida toda, indiferente da idade. Segundo o gerente da Companhia Athletica de Curitiba, Luiz Otávio de Almeida, no caso de alunos da terceira idade com doenças crônicas, os exercícios ??? diferente do que se pensa ??? são imprescindíveis e obrigatórios, pois garantem uma qualidade de vida satisfatória além de aumentar a expectativa de vida. ???Não existe uma obrigatoriedade quanto a qual atividade física realizar, pois os exercícios físicos estão sempre relacionados a cada indivíduo, mas podemos afirmar que a musculação ou exercícios de fortalecimento são obrigatórios, pois com a idade tendemos a perder muita massa muscular, também temos exercícios de alongamento e exercícios com estímulos aeróbios e cardiovasculares???, explica Luiz.

Os benefícios da musculação para a terceira idade são muitos. Vão desde os aspectos funcionais a metabólicos como: ganho de massa muscular, melhoras da independência em atividades diárias, diminuição de dores musculares, melhora de perfil lipídico, melhora da pressão arterial, melhora dos indicadores de diabetes, melhora de equilíbrio e da qualidade de vida. ???Os exercícios físicos irão garantir uma velhice mais saudável e feliz, pois vai garantir com esta pessoa seja independência em suas atividades diárias, onde muitas pessoas da terceira idade tem as maiores perdas em sua vida???, salienta.

Hoje, além da musculação são muitas as atividades físicas indicadas para os idosos, entre elas:

Aulas de Axis: está é uma aula exclusiva da Companhia Athletica que trabalha com soltura e alongamento, ela exercita a liberação miofascial visando alterar a fáscia, desenvolvendo mais flexibilidade e elasticidade do praticante. O alinhamento axil (alinhamento da coluna) é muito trabalhado, possuindo uma característica de relaxamento muito grande e indicado para todas as idades.

Flex Circuit: Também é uma aula de com objetivo de alongamento muscular e reestruturação postural, além de aumentar ou manter os níveis de flexibilidade. Utiliza um aparelho especifico o Flex, uma cama que ajuda ajustar a intensidade do alongamento daquela aula. Possui duração de 30 minutos é pode ser praticada por qualquer nível de atividade física.

Mat Pilates: é uma versão do método, onde os exercícios são praticados apenas no Mat (tapete), onde por ser praticados no solo os músculos são alongados e tonificados ao mesmo tempo, trabalhando eles duplamente. Essa modalidade exige muita concentração do praticante e envolve corpo e mente em toda prática. Trabalha muita força abdominal e estabilidade, além do trabalho de todos os grupos musculares.

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE