Prova Brasil avalia desempenho de alunos da rede municipal

Os 594 alunos matriculados no 5º ano do ensino fundamental da rede municipal de Nova Odessa fazem esta semana a Prova Brasil. O exame faz parte do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica) e é aplicado a cada dois anos pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) para avaliar o aprendizado dos estudantes no país. No Estado de São Paulo, mais de 863 mil alunos da rede pública farão a prova até o dia 1º de novembro. Os resultados são usados para compor o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), principal indicador da educação pública do Brasil.

De acordo com a Secretaria de Educação do município, os alunos da Emefei (Escola Municipal de Ensino Fundamental e Ensino Infantil) ‘Dante Gazzeta’, localizada no Centro da cidade, serão os primeiros a fazer a prova. Eles serão avaliados nesta terça-feira (22). Na próxima sexta (25), o exame será aplicado nas outras escolas da rede: ‘Professora Alvina Maria Adamson’ (Jardim São Jorge), ‘Profª Augustina Adamson Paiva’ (São Francisco); ‘Prefeito Simão Welsh’ (Santa Rita II), ‘Profª Haldrey Michelle Bueno’ (São Manoel), ‘Profª Almerinda Delega Delben’ (Klavin), ‘Profª Alzira Ferreira Delega’ (Green Village), ‘Profª Salime Abdo (Alvorada), ‘Profª ‘Theresinha Antonia Malaguetta Merenda’ (Bela Vista), ‘Vereador Osvaldo Luiz da Silva’ (Marajoara) e ‘Paulo Azenha’ (Vila Azenha).

Os testes avaliam o desempenho dos estudantes em língua portuguesa, com foco em leitura; e em matemática, com foco na resolução de problemas. Os alunos respondem também um questionário socioeconômico, por meio do qual fornecem informações sobre fatores de contexto que podem estar associados ao desempenho. Professores e diretores das turmas e escolas avaliadas também respondem a questionários que coletam dados demográficos, perfil profissional e de condições de trabalho.

“?? importante as crianças não faltarem à aula e se empenharem na prova, porque é o resultado dessa avaliação que afere a nota do Ideb do município”, explicou a secretária de Educação de Nova Odessa, Claudicir Brazilino Picolo. Segundo a gestora, é com base nesses resultados que o município pode acompanhar o desenvolvimento dos alunos, identificar suas potencialidades e desenvolver um trabalho com o objetivo de sanar as fragilidades. A aplicação da prova nas escolas ocorre durante o horário de aula.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE