Promotor defende redução urgente de assessores em Americana

Uma publicação do vereador Welington Rezende (PRP) no facebook sobre a redução do número de vereadores na Câmara de Americana fez com que o Promotor de Justiça Sérgio Buonamici se posicionasse em relação ao assunto. Na postagem, Rezende questiona “Você é a favor à redução de vereadores em Americana?”. Entre os mais de 80 comentários, o promotor coloca sua visão dizendo que o legislativo americanense precisa urgente é de redução de assessores.

Confira o comentário na íntegra:
Um projeto dessa envergadura só poderia ser apresentado se houvesse a certeza da aprovação.

Caso contrário, só traduz a vontade de aparecer pois jamais será aprovado.

Eu mesmo acho que a proposta posta como foi, ou seja, por medida de economia, não tem o menor sentido porque dentre os autores do projeto afirmei que deveriam os vereadores se desfazerem de seus assessores. Isso sim é um abuso e que cada um deles poderia abdicar desse privilégio sem necessidade de lei. Estariam dispostos a isso para economizar?

Reduzir o número de vereadores (aparentemente simpática) é um atentado à Democracia que tanto nos é cara. Não se economiza na Democracia.

Alguém aqui disse – com muita razão e resumidamente – que tornaria a casa muito elitista, tal como era em tempo não muito distante quando os vereadores não eram remunerados. Na verdade, quanto mais vereadores maior a representação.

Basta pensar que o ideal seria que toda a cidade se reunisse para aprovar os projetos (como ocorre em algumas cidades no mundo). Como isso não é possível idealizou-se a representação parlamentar.

Quanto mais representantes, melhor.

Entretanto, no Brasil, como os representantes acabam se distanciando daqueles ideais que pregaram na campanha , o povo, com razão, tende a criticar a existência e a utilidade dos parlamentares.

Precisamos defender aqui em Americana a redução ou eliminação dos assessores e mudar o horário das sessões para que haja a participação popular.

Essas são as medidas mais urgentes.

Talvez assim possam discutir e decidir mais diretamente os graves problemas que afligem a nossa cidade.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE