Projeto de Bonfim ‘murcha’ após emendas

O projeto de autoria do vereador Giovanni Bonfim (PDT) que modifica partes do regimento interno da Câmara Municipal de Santa Bárbara d’Oeste,apesar de ter sido aprovado nesta terça-feira, perdeu força com duas emendas, uma de autoria do próprio autor e outra do presidente da Casa, Juca Bortolucci (PSDB). O projeto ficou mais de 20 meses em tramitação interna.
O projeto foi colocado em votação com emendas que excluíram seus dois principais objetivos, facilitar a criação de Comissões Especiais de Inquérito (CEIs) e proibir que projetos que já tiveram 45 dias de tramitação e estão aptos a serem votados recebam pedido de parecer em plenário.
“Protocolei o projeto em janeiro de 2015. Infelizmente as principais propostas sofreram alterações. Tivemos que acatar as emendas de supressão para poder aprovar os outros assuntos que eram importantes também”, disse Bonfim. 
Giovanni ainda atribuiu a retirada dos principais assuntos à decisão dos colegas. “A democracia é isso, respeitar o interesse da maioria. Se a maioria não concordava com esses dois itens a gente tem que respeitar”.
Sobre a demora na tramitação, o parlamentar falou sobre bastidores. “Nesse meio político você tem muitas polêmicas e conversas de bastidores que acabam atrapalhando. Falaram que eu estava fazendo essa proposta para cassar o prefeito, o presidente da Câmara e vereadores. Não era nada disso e isso acaba criando resistências dentro da Câmara. O presidente segura um pouco, a procuradoria segunda um pouco”, concluiu.   

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE