Projeto causa primeiro embate na CM-SB

Foto Aline Basanella 
O projeto de autoria do vereador Paulo Monaro (SD) que institui uma nova honraria na Câmara Municipal de Santa Bárbara d’Oeste causou o primeiro embate entre vereadores neste terça-feira, durante a primeira sessão do ano. A proposta institui prêmio Mulheres Destaques do Ano no município. 
Os vereadores Celso Ávila (PV) e Germina Dattori (PV) afirmaram que o projeto não está bem escrito. “Não teve detalhamento suficiente. A homenagem é importante mas não consta se a mulher tem que ser de Santa Bárbara, por exemplo”, disse Ávila. 
Já Germina contestou o fato de não ter tido conversa com o Conselho da Mulher da cidade e que a homenagem é uma forma de discriminação, já que a casa de leis já possui o prêmio Dona Margarida, que homenageia barbarenses, podendo ser entregue a homens ou mulheres.
O autor do projeto defendeu a proposta e acredita que a posição dos colegas pode ter cunho político, já que as ações de Monaro na Câmara podem indicar uma possível oposição ao prefeito Denis Andia (PV). “Essa polêmica, entre aspas, criada, a gente sabe de onde vem. Pelas discussões que houve, somente a base do prefeito que foi pra cima e pediu adiamento”, disse Monaro.
O autor do adiamento foi o vereador Carlos Fontes (PSD).  

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE