Programação da semana do Milord Taverna

Quinta 11/08 ??? Trovador Mario Del Solar Moraga ??? Couvert R$ 5Música medieval europeia composta entre os séculos IX a XIV, principalmente de trovadores, troveros, minnesinger y goliardos. Destacam-se as músicas do Rei Afonso X de Leão e Castela retiradas do seu grande livro das cantigas à virgem Maria, que contém 427 canções, composto nos anos 1200.
Sexta 12/08 ??? Rebels & Sinners ??? Couvert R$ 15Quando pensamos em “Irlanda” logo nos vem na cabeça um povo alegre, tudo muito verde, Guinness e música! O povo irlandês perpetuou sua história através do cancioneiro tradicional, contando desde assuntos curiosos que dizem respeito ao cotidiano, até servindo de ferramenta de desabafo e protesto contra o domínio e confrontos constantes com os ingleses. Rebels&Sinners surgiu a partir da idéia de trazer para o público algo além das drinking songs, já tão conhecidas e aclamadas. O grupo decidiu abordar, como a temática principal, toda a história dos confrontos no reino unido traçando uma linha do tempo, desde o periodo Celta até as batalhas lutadas pelo IRA. O repertório é composto de vários hinos que foram propagados pelos grandes nomes da música irlandesa, tais como The Dubliners, Wolfe Tones, Clancy Brothers, Chieftains, além de, é claro, as músicas indispensáveis para uma noite verdadeiramente irish: Whiskey in the Jar, Wild Rover, Star of the County Down, entre outras!
Sábado 13/08 ??? Motherfolk ??? Couvert R$ 15Duo que desde 2005, com inspiração em tradições populares, profanas e pagãs, principalmente da Irlanda e da Escócia, mas também de Gales, Galícia, Gália. Os repertórios que tocam são ao mesmo tempo tradicionais e contemporâneos, no sentido de que a música folk jamais esteve tão viva como em nossa época. São canções de viajantes, canções do mar, canções de taverna, de ciganos, forasteiros, trabalhadores em minas de carvão, amantes desprezados. A rica veia poética disseminada através da história por bardos e menestréis errantes, cujas canções mais antigas datam do séc. XV, mas cuja tradição é muito anterior, suas raízes mergulhando no antigo costume Celta de narrar e registrar a vida através de sagas, poemas e canções. Motherfolk faz versões de raiz de música de raiz, utilizando-se apenas de instrumentos acústicos para repertórios de diversos artistas dos anos 50, 60 e 70, acentuando as características especificamente rurais do rock. Cesar Castro Rosa, violão e voz, e Lucia Fernandes, percussão, vêm tocando juntos há uma década. Ao vivo, o que se manifesta é um sentimento de paixão crua, o fogo de uma vida compartilhada de discografias, muitas vezes apreciadas na cozinha, o lugar favorito da casa. Quando estão tocando, é como se uma telepatia sônica se estabelecesse entre eles.São eles: Cesar Castro-Rosa e Lucia Fernandes. Violão e voz, bodhrán e cajón, respectivamente. Cesar, tocando a música Celta há 25 anos. Lucia tendo participado da história da cultura popular brasileira, da fundação do lendário Grupo Cupuaçu que mantém vivos os festejos do Bumba Meu Boi no Morro do Querosene.
Domingo 14/08 –  Motherfolk ??? Couvert R$ 10Duo que desde 2005, com inspiração em tradições populares, profanas e pagãs, principalmente da Irlanda e da Escócia, mas também de Gales, Galícia, Gália. Os repertórios que tocam são ao mesmo tempo tradicionais e contemporâneos, no sentido de que a música folk jamais esteve tão viva como em nossa época. São canções de viajantes, canções do mar, canções de taverna, de ciganos, forasteiros, trabalhadores em minas de carvão, amantes desprezados. A rica veia poética disseminada através da história por bardos e menestréis errantes, cujas canções mais antigas datam do séc. XV, mas cuja tradição é muito anterior, suas raízes mergulhando no antigo costume Celta de narrar e registrar a vida através de sagas, poemas e canções. Motherfolk faz versões de raiz de música de raiz, utilizando-se apenas de instrumentos acústicos para repertórios de diversos artistas dos anos 50, 60 e 70, acentuando as características especificamente rurais do rock. Cesar Castro Rosa, violão e voz, e Lucia Fernandes, percussão, vêm tocando juntos há uma década. Ao vivo, o que se manifesta é um sentimento de paixão crua, o fogo de uma vida compartilhada de discografias, muitas vezes apreciadas na cozinha, o lugar favorito da casa. Quando estão tocando, é como se uma telepatia sônica se estabelecesse entre eles.São eles: Cesar Castro-Rosa e Lucia Fernandes. Violão e voz, bodhrán e cajón, respectivamente. Cesar, tocando a música Celta há 25 anos. Lucia tendo participado da história da cultura popular brasileira, da fundação do lendário Grupo Cupuaçu que mantém vivos os festejos do Bumba Meu Boi no Morro do Querosene.
Serviço
Milord TavernaEndereço: Rua Sacramento, 367 ??? Centro ??? Campinas ??? SPHorário de funcionamento: De terça a quinta e domingo, das 18h às 23h:30min | De sexta, sábado e vésperas de feriado, das 18h às 2h.Informações e reservas: (19) 3308-2014 – De terça a domingo a partir das 16h ??? reservas somente para dias entre terça e quinta, aos finais de semana, o atendimento é feito somente por ordem de chegada, a partir das 18h.Facebook: www.facebook.com/milordtaverna Instagram: www.instagram.com/milordtaverna   04 Ambientes | Acessibilidade | Serviço de valet R$ 20| Convênio com estacionamentoCartões de débito e crédito (Visa| Master| Cielo| American Express)Não são aceitos vales-refeição

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE