Programa anti cigarro tem 60% de eficiência

O Programa “Saúde sem Tabaco” de Santa Bárbara d’Oeste finalizou mais um grupo com êxito. Dos 30 participantes, 18 pessoas deixaram de fumar após participarem dos encontros da iniciativa. Desde janeiro, os participantes passaram por acolhimento, testes, reuniões terapêuticas e de manutenção e consultas médicas e odontológicas. Ao todo foram 12 encontros realizados no CEO (Centro de Especialidades Odontológicas), finalizando nesta segunda-feira (22), com avaliação e confraternização.
A aposentada Iraci Martins de Souza, 63 anos, largou o vício do cigarro. Ela começou a fumar com 10 anos de idade. Fumava há 56 anos e participando dos encontros conseguiu apagar seu último cigarro. “Faz dois meses que não coloco mais um cigarro sequer na boca. Hoje consigo andar sem dificuldade, me sinto muito bem e não tenho mais fadiga. Agradeço a todos que me ajudaram em especial a assistente social Roseli. Peço a Deus para não voltar a fumar nunca mais e não vou”, ressaltou Iraci.
Outro grupo iniciará daqui a 15 dias no CEO (Centro de Especialidades Odontológicas) ??? local dos encontros. Os interessados em se inscrever para os próximos grupos devem procurar a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima à residência. As reuniões ocorrem todas às segundas-feiras. Historicamente cerca de 40 a 50% do total de participantes deixam de fumar ao término da participação do grupo antitabagismo.
ProgramaO “Saúde sem Tabaco” tem coordenação do médico Antônio Detoni, além de uma equipe multidisciplinar, que oferece gratuitamente apoio médico, odontológico, psicológico, farmacêutico e de assistência social para os participantes. Os profissionais envolvidos foram todos capacitados pelo CRATOD (Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas) em São Paulo.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE