Edit

Profissionais da saúde já podem tomar 3ª dose em Nova Odessa

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Nova Odessa iniciou nesta quarta-feira (06/10) a aplicação da terceira dose das vacinas contra o novo coronavírus nos profissionais de Saúde da Rede Municipal. O atendimento inicial abrange todos os profissionais da área do Serviço Público Municipal que se imunizaram há 6 meses ou mais, e começou (como em janeiro deste ano) pela equipe da UR (Unidade Respiratória) do Jardim Alvorada, os mais expostos ao vírudose

Segundo a Vigilância Epidemiológica, além desse grupo, a partir de agora os demais profissionais da Saúde em geral da cidade também devem ser vacinados com a “D3” até o próximo dia 28/10, no Ginásio de Esportes do Jardim Santa Rosa – o “quartel-general” da Campanha de Imunização Contra a Covid-19 na cidade. A medida é necessária para garantir que haja número suficiente de pessoas para se poder abrir os fracos das vacinas sem o risco de perda de doses.

“Segundo essa Nota Técnica do Ministério da Saúde, os profissionais que devem receber ‘D3’ agora são os que foram vacinados entre janeiro, fevereiro e março e que trabalham em estabelecimentos de Assistência à Saúde, Vigilância à Saúde, Regulação e Gestão à Saúde”, esclareceu a coordenadora do órgão, Paula Mestriner.

Ou seja, aqueles que atuam em serviços de Saúde como hospitais, clínicas, ambulatórios, Unidades Básicas, laboratórios, farmácias e drogarias. O profissional deverá comprovar residência em Nova Odessa ou vínculo empregatício em empresa da cidade, além de levar ao Ginásio a carteira de vacinação com a 1ª e 2ª dose há 6 meses ou mais.

ADOLESCENTES

Além disso, será encerrado nesta sexta-feira (08/10) o período de aplicação da primeira dose em adolescentes de 12 a 17 anos da cidade no Ginásio de Esportes do Jardim Santa Rosa. A medida se faz necessária em função do prazo do lote de vacinas da Pfizer recebido pelo Município par este grupo etário (que só pode ser imunizado com o produto deste laboratório, único autorizado pela Anvisa para adolescentes no país)

Para alcançar o maior número possível de adolescente, a Secretaria de Saúde promoveu inclusive vacinação contra a Covid-19 nas escolas públicas e privadas da cidade nas últimas semanas, conforme noticiado anteriormente (sempre com autorização prévia das famílias). “Provavelmente não recebemos mais vacinas para este grupo”, alertou Paula.

Por enquanto, segundo a coordenadora, as salas de vacinas das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) ainda possuem doses de vacinas contra o Covid-19 para gestantes, puérperas e adolescentes. Caso haja “sobre” de doses por frasco, ao final de cada dia, elas podem ser utilizadas como “D3” para membros da própria equipe de cada UBS, para evitar a todo custo o risco de desperdício.

2ª DOSE DA PFIZER

A Secretaria de Saúde voltou a reforçar o apelo para que os quase 3,5 mil moradores da cidade que tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 do laboratório Pfizer há oito semanas ou mais voltem imediatamente ao Ginásio do Santa Rosa para tomarem a segunda dose “adiantada”, conforme determinado pelo Estado na semana passada. Isto porque os lotes também devem ser utilizados até o final do mês.

No caso da Pfizer, não é mais necessário aguardar as 12 semanas ou a data anotada inicialmente nas fichas de vacinação, basta contar 8 semanas da data da “D1”. O “adiantamento” da “D2” não se aplica às demais fabricantes, e quem tomou dose inicial da CovonaVac/Butantan ou da AstraZeneca/Oxford deve continuar observando as datas de retorno anotadas na caderneta.

IDOSOS NA UBS 6

Os idosos com 60 anos ou mais estão recebendo a “D3” na Unidade de Saúde do Jardim Marajoara, conforme são convocados por telefone. O agendamento desse grupo autorizado a tomar a “D3” deve ser feito através do telefone (19) 3466-1104 ou pessoalmente na UBS 6, que fica na Rua Aurélia de Paula Belinatti, nº 69, no Jardim Marajoara. Para o agendamento, as pessoas precisam informar nome completo, data de nascimento, data da 2ª dose da vacina e telefone para contato.

VACINÔMETRO

A equipe de profissionais da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Nova Odessa que atua na Campanha de Imunização Contra a Covid-19 alcançou na quarta-feira (06 de outubro) a marca de 78.799 vacinas aplicadas na população da cidade desde o início da campanha, em janeiro deste ano. Foram mais 646 doses das unidades utilizadas no dia, sendo 42 doses iniciais (ou “D1”), 553 “D2” e 51 terceiras doses em idosos e pacientes imunossuprimidos graves.

BOLETIM DIÁRIO

O boletim diário da Vigilância Epidemiológica de quarta-feira (06/10) não trouxe novos casos positivos de Covid-19 ou óbitos em moradores da cidade com relação ao dia anterior. Nova Odessa permanece assim com 6.291 casos da doença desde o início da pandemia, em março de 2020, com 5.561 pessoas já consideradas curadas, e 232 óbitos de moradores.

CUIDADOS

Como a pandemia continua e os riscos de novas variantes são reais, toda a população deve continuar obedecendo às regras sanitárias de enfrentamento à pandemia, que incluem o uso de máscaras e de álcool a 70% e o distanciamento social, evitando-se aglomerações a todo custo.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE