Professores tem 7% de aumento em Campinas

Em julho, todos os professores e servidores da rede estaduais de ensino, ativos e aposentados, receberão um aumento de 7% nos seus salários. Este é o quarto reajuste desde 2011 e faz parte de uma política salarial inédita na Secretária de Educação. 
O salário será pago em agosto relativo ao mês de julho. Com o novo salário, um professor que leciona no ensino fundamental e médio, com uma jornada de 40 horas semanais, irá receber, após o aumento, 2.415,89. Este valor é 42% maior que o piso nacional, que é de R$ 1.697. 
O secretário da educação, o professor Herman Voorwald, entende que os educadores são a peça chave do nosso futuro e por isso, além da valorização dos professores, também é investido na ampliação gradativa do seu salário. 
Além do reajuste, continuam mantidas as regras de evolução na carreira do professor, que estipulam oito níveis de progressão salarial, com intervalos de três anos e aumentos de 10,5% sobre o salário para todos os que atingirem determinadas metas de avaliação.
A Secretária também tem investido na ampliação do números de educadores efetivos na rede estadual. No ano passado, foi realizado o maior concurso da história de SP, para 59 mil vagas. Desde o início deste ano foram chamados 45 mil professores. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE