Professor ‘roda’ por causa do WhatsApp

Um professor de uma escola particular de Americana foi demitido após ser acusado de assédio, depois de alunas se queixarem de mensagens enviadas pelo professor em um grupo no WhatsApp.

O caso estava acontecendo desde fevereiro, mas a instituição só ficou sabendo na semana passada. Um representante da escola, junto das estudantes, registrou um boletim de ocorrência contra o educador, e agora o caso está sob responsabilidade 1º Distrito Policial. No boletim também estava que ele fazia comentários inadequados em sala de aula. Foi registrado como crime de “Submeter criança ou adolescente a vexame”

As idades das três alunas que reclamaram são 15, 16 e 17 anos. O professor tem 34 anos e lecionava para o Ensino Médio e cursinho pré-vestibular.

O educador estava em sala de aula, quando foi comunicado da demissão.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE