Prof.as pressionam por R$ 500 no vale

Uma comissão de professoras esteve reunida com os vereadores da Câmara em Santa Bárbara d’Oeste. Elas foram pedir o adiamento na votação do projeto do dissídio e convocação de uma sessão extraordinária para esta quarta-feira. Os vereadores cederam a este pedido.

Mas dependem ainda que o Executivo apresente emenda ao projeto original. Muitos professores entendem que não conseguirão ter aumento no dissídio, de 1,69%, por causa do teto de gastos com folha de pagamento. Mas eles ainda pedem aumento no vale-alimentação, para R$ 500.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE