Prof Bi quer ‘entulhão’ em Nova Odessa

Pensando em organizar áreas de descarte de resíduos da construção civil, o presidente da Câmara, Vladimir Antonio da Fonseca (DEM), o professor Bi, é autor do requerimento nº295, no qual solicita informações do Poder Executivo sobre estudos neste assunto. Com esta medida seria meio caminho andado para a implantação de uma usina de reciclagem na cidade.
???Vemos que algumas cidades de nossa região fazem parcerias publico-privada e estão obtendo bons resultados com áreas de descarte de resíduos de construção civil. ?? um benefício tanto para a população, para o meio ambiente e também para as questões de logística do serviço público. Isso diminuiria o excesso de entulho que vemos descartados erroneamente na cidade, e geraria renda processando e reutilizando estes materiais???, explicou o presidente da Câmara.
Para o professor Bi, as chamadas usinas de reciclagem de materiais de construção civil, têm se mostrado de uma incrível eficiência, já que ele visitou alguns locais e pode ver pessoalmente como funciona o projeto. ???As Prefeituras arrumaram as áreas, as empresas compraram os trituradores, e nesta parceria o trabalho é realizado, facilitando a vida de todo mundo???, ressaltou.
Em Varginha (MG), uma empresa de caçambas utiliza restos de construção civil para fornecer material para as construtoras. A usina produz cerca de 100 toneladas por dia, o que é comercializado por um valor bem mais em conta do que o material novo. São feitos seis materiais diferentes: três variedades de brita, cascalho de pedra, areia grossa e areia comum.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE