Procura por vigilantes em alta

Com a reabertura do comércio e grandes centros empresariais, a procura por profissionais de segurança privada tem crescido no país. O motivo é o aumento da circulação de pessoas, que gera a necessidade de mais pessoal para proteção em patrimônios públicos ou privados.
O GRUPO GR, um dos maiores do setor de segurança privada no Brasil, registrou aumento de 5% de contratações de profissionais e enfatiza que a busca é por profissionais aptos a aprender cada dia mais e que entendam a importância da função.
“Força de vontade, determinação, atenção aos detalhes e respeito às pessoas são características que buscamos, além da formação em cursos preparatórios. No GRUPO GR, o primeiro passo é a pessoa entender o quanto sua função é importante para nós, para nossos clientes e para a sociedade. Acreditamos que entendendo o propósito, o profissional compreende melhor sua vocação para essa importante função”, explica Paulo Marques, Diretor de Desenvolvimento Humano do GRUPO GR, especialista em segurança privada no Brasil.
Outro fator que conta na hora da contratação é a familiaridade com a internet, uma vez que a pandemia acelerou a transformação digital – muitos processos seletivos e treinamentos têm sido realizados online. Conhecimento em aplicativos e ferramentas tecnológicas são diferenciais para profissionais que procuram recolocação ou estão em busca de uma nova oportunidade no mercado de trabalho.
“Cada vez mais fazemos uso de ferramentas tecnológicas. Por isso, os profissionais devem sempre acompanhar o que há de novo para manter o nível de empregabilidade, não só no GRUPO GR, mas no mercado de uma forma geral”, diz Marques.
Uma das inovações do GRUPO GR é a Universidade Corporativa (UniGR), colaborativa e gratuita, disponível a todos os profissionais da empresa. A plataforma oferece programas de desenvolvimento profissional, treinamentos online e presenciais, além de estudos variados como Consciência Situacional, Uso Progressivo da Força, Práticas Operacionais GR, Diversidade e Inclusão, Passagem Segura de armamento, dentre outros. Além disso, o processo de reciclagem possui uma grade adicional e exclusiva da empresa.
“Com a UniGR mantemos nosso compromisso de contribuir para o aperfeiçoamento dos nossos colaboradores por meio de treinamentos para inclusão digital, em especial para introdução e uso das nossas ferramentas”, destaca o Diretor de Desenvolvimento Humano do GRUPO GR.
Marques também ressalta que o setor de segurança está cada dia mais inclusivo, em relação a orientação sexual, raça, idade, entre outros aspectos: “a troca é muito importante para que cada um possa adquirir o que o outro tem de melhor. Nós incentivamos a pluralidade de pessoas dentro da organização e reconhecemos os ganhos que isso traz para nós e para sociedade”.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE