Procura por microfranquias aumentou 23,8% em junho

A redução do número de postos de trabalho fez com que muitas pessoas enxergassem uma oportunidade de renda no empreendedorismo. Segundo a ABF –Associação Brasileira de Franchising-, a busca por modelos mais enxutos de negócios, as chamadas microfranquias, aumentou 23,8% no mês de junho em comparação ao mês anterior.

Mr Fit, primeira em fast-food saudável do Brasil, que já sente o aumento na procura por esse tipo de negócio, baixou o valor do investimento inicial que era R$ 17 mil para R$ 8 e R$ 6 mil, dependendo dos equipamentos que o empreender escolher. A rede vendeu 48 microfranquias durante a pandemia.

Já a americana Jan-Pro, maior rede de franquias home based do mundo e atuando há quase dez anos no país, conquistou 36 novos empreendedores neste período.

Outras redes que também conseguiram novos franqueados durante a pandemia foram a Limpeza com Zelo, especializada em limpeza residencial, e a Mr Kids, rede de vending machines com produtos voltados para o público infantil.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE