Principais tipos de aparelhos ortodônticos

Na última década a quantidade de novos aparelhos ortodônticos aumentou 40%, segundo a Sociedade Paulista de Ortodontia (SPO). O dado se relaciona com a Pesquisa Nacional de Saúde Bucal que constatou que 35% dos brasileiros têm alguma disfunção que precisa de tratamento ortodôntico. Existem diversos tipos de aparelhos na ortodontia, que almejam o mesmo resultado: dentes alinhados e bonitos. 
Os aparelhos, que não são somente para crianças e adolescentes, proporcionam bons resultados para todas as idades. No Brasil, o SPO afirma que 40% a 50% dos pacientes com aparelho ortodôntico tem mais de 30 anos de idade. Djalma Faria, ortodontista especializado em harmonização facial explica os principais tipos de aparelhos                                                                                             Aparelho Fixo?? o tipo mais comum e popular, sua função é mover os dentes para a posição correta, através de bandas e braquetes. “Gosto do aparelho fixo em crianças e adolescentes principalmente, já que o metal é mais resistente e dificilmente quebra, além de possuir borrachinhas de várias cores diferentes, mas qualquer um pode usar. Lembrando que apesar de resistente, é necessário a ida ao dentista a cada 20 dias para apertar e precisa de uma boa higienização diária”, afirma Faria
Aparelho fixo estéticoTambém é utilizado para arrumar o posicionamento dental, porém é transparente, feito de porcelana, safira ou policarbonato. “Uso muito esse tipo nos meus pacientes adultos, que se preocupam mais com a estética e sua imagem profissional. O aparelho estético é mais frágil devido ao seu material e além da higienização comum, também pode manchar com alguns alimentos como café e vinho”, explica o profissional
Aparelho AutoligadoSe diferencia do fixo convencional por não utilizar os elásticos, que são substituídos por clips que prendem os fios. “Os clips diminuem o atrito, o que acelera o tratamento e exige menos visitas ao consultório do dentista, além da higienização ser mais fácil, já que as borrachinhas dificultam a ação da escova”
Aparelho lingualTem a mesma função e as mesmas partes do fixo convencional, porém é colocado atrás dos dentes, em contato com a língua. “Não utilizo muito esse aparelho, já que não acho ele confortável, mas é uma opinião pessoal. Ele é super indicado para atletas de esportes com contato físico, para evitar que os braquetes cortem as bocas”, fala Faria.
Aparelho móvel”O aparelho móvel é muito usado para manter os dentes nas posições corretas, por isso normalmente é indicado para crianças até 12 anos, para guiar e manter a dentição correta e para pessoas que acabaram de tirar o aparelho fixo ou estão na fase final do tratamento”, conta o ortodontista. Mesmo sendo tirado para comer, precisa de higienização com uma escova e necessita de disciplina para ser usado o dia todo. De outra forma, sua eficácia é comprometida.
AlinhadoresOs alinhadores transformam o cenário dos aparelhos. São praticamente invisíveis, bem finos e feitos sob medida para cada paciente através de um software. “Os alinhadores unem a estética com a praticidade. Eles permitem mostrar para o paciente o resultado final exato se usado com cautela e já decreta por quanto tempo o tratamento durará. Infelizmente toda essa tecnologia custa um preço cerca de 3x maior que os dos outros aparelhos, mas na minha opinião, vale muito a pena”, comenta. 
Qualquer tipo de aparelho precisa ser acompanhado por um ortodontista, já que a escolha errada e o mau uso podem acarretar problemas dentais como gengivite, mau hálito e até o caimento dos dentes. “Somente um profissional da área estará apto a examinar o paciente e aconselhá-lo para o melhor tipo de aparelho para sua arcada dentária. Em relação ao preço, os aparelhos fixos convencionais e os móveis possuem o melhor custo benefício se a pessoa não se importa para a estética e tempo do processo, mas os alinhadores, apesar de caros, oferecem grande conforto e realizam o tratamento em menor tempo”, finaliza. 
Djalma Faria- Djalma Alt Faria Neto é formado em Odontologia pela Universidade Federal de Alfenas, em 1996. Em seguida realizou uma série de especializações com foco em ortodontia, na Universidade de São Paulo (USP), na Universidade de Campinas (UNICAMP) e em outras universidades de referência no país. O ortodontista é um dos poucos que tem credenciamento do Invisalign Doctor para trabalhar com o sistema de alinhadores, com tecnologia 3D, que vem dos Estados Unidos. Djalma atende atualmente em Campinas, Amparo e Mogi Mirim. O dentista trabalha unindo as prevenções e correções dentárias com a estética facial, tudo para criar um “design” harmônico para cada rosto.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE