Edit

Presidente da Câmara de Sumaré ‘condena’ aumento do pedágio

Durante a 39ª sessão do ano, que ocorreu na última terça-feira (24), a Câmara de Sumaré aprovou a moção de repúdio ao governador João Doria, apresentada pelo presidente da Casa, vereador Willian Souza (PT), em virtude do aumento das tarifas de pedágio em todas as praças do Estado. O documento recebeu 15 votos favoráveis, e sua votação foi transmitida ao vivo pelo canal da Câmara no YouTube.

Na moção, o parlamentar afirma que a decisão publicada no Diário Oficial do Estado, e que deve entrar em vigor a partir de 1º de dezembro de 2020, irá afetar milhares de motoristas que trafegam pela região, inclusive no sistema Anhanguera-Bandeirantes. Para Willian, o aumento, que deve variar entre 1,87% e 2,13%, afetará também o valor de outros produtos, como os alimentos, que necessitam do transporte rodoviário para sua distribuição.

LEIA TAMBÉM: Pedágio mais caro na região a partir do dia 1º

“O custo elevado dos pedágios não atinge somente os motoristas que transitam com frequência pelas rodovias do Estado. Ocorre um efeito em cadeia, que acarreta, entre outros impactos, na alta dos preços dos serviços, até chegar aos alimentos mais consumidos pelos brasileiros.  Estimativas apontam que o pedágio impacta em até 25% no custo do transporte sobre o produto”, afirma o vereador.

Para o presidente do Legislativo municipal, “é importante que o governo do Estado baseie suas decisões no atual contexto de retomada econômica, enquanto os trabalhadores ainda sentem os efeitos da pandemia de Covid-19. Os interesses da população não podem ser deixados de lado e, certamente, são contrários a qualquer aumento do custo de vida em diferentes setores da economia estadual”, finaliza.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE