Prefiro um estádio a Neymar, diz CEO do Bayern

(Reuters) – O presidente-executivo do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, disse que o time campeão alemão nunca gastaria os 222 milhões de euros que o Paris Saint-Germain pagou ao Barcelona pelo atacante Neymar, afirmando que, por esse dinheiro, preferiria um estádio.
Rummenigge, que também dirige a Associação de Clubes da Europa (ECA), disse que é preciso ter mais “racionalidade” diante de algumas contratações que crescem em uma espiral descontrolada.
“Durante a transferência de Neymar, me perguntei o que seria mais importante: Neymar ou a Allianz Arena”, disse Rummenigge à edição da revista Sport Bild lançada nesta quarta-feira.
“Tenho que dizer claramente que prefiro ter uma Allianz Arena, é algo mais importante. Nós do Bayern de Munique devemos ter uma filosofia diferente”, afirmou Rummenigge. “Toda a transferência de Neymar poderia custar até mais que o estádio”.
O Bayern fez um empréstimo de 346 milhões de euros em 2005 para construir sua nova arena nos arredores da cidade e terminou de pagá-la em 2014, 16 anos antes do previsto.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE