Prefeitura ataca estradas da zona rural

Melhorar as condições de tráfego, proporcionando ganhos na mobilidade das
famílias e trabalhadores rurais e no escoamento da produção. Estes são os
objetivos do Programa de Recuperação das Estradas Rurais de Sumaré em
execução pela Administração Municipal desde 2014, com o apoio dos
agricultores e donos de chácaras do Município. 
Na primeira etapa do programa, cerca de 1.000 metros da Estrada Municipal
Luiz Fernandes Bredda foi recuperado e, neste ano, mais 2.000 metros
receberão as melhorias. No bairro Chácaras Cruzeiro do Sul, as melhorias,
iniciadas no ano passado, chegarão a aproximadamente 2 quilômetros e
beneficiarão também a população do Parque Dante Marmirolli.
 ???Hoje é outra estrada. Não precisamos nos preocupar com o barro quando
chove ou com condições precárias da estrada, que acabavam quebrando o
maquinário e estragando a mercadoria???, contou o agricultor ??ngelo Paschoal
Basso, das Chácaras Cruzeiro do Sul.
A Angelo Furian é outra estrada municipal que faz parte deste pacote.
Nesta via pública, a Administração Regional da Área Rural já iniciou os
trabalhos de preparação do solo para o recebimento da pedra brita em cerca
de 4 quilômetros de extensão.
Em outra etapa do trabalho, as estradas municipais Emílio Coltro e Romano
Bellintani também serão beneficiadas. 
A colocação de brita nas estradas
rurais melhora as condições de todo o processo de escoamento da produção
rural.
As pedras utilizadas no Programa de Recuperação das Estradas Rurais foram
adquiridas pela Administração Municipal com recursos do ITR (Imposto sobre
a Propriedade Rural). A definição das obras e a destinação dos recursos foi
uma decisão conjunta entre a Prefeitura e o Conselho Municipal de
Desenvolvimento Rural. 
 ???Estas obras representam muito para os agricultores sumareenses,
melhorando significativamente o fluxo de veículos, o escoamento da produção
local e a valorização dos imóveis da área rural???, comentou o responsável
pelo conselho, Gerson Cezar Stein, na ocasião da entrega das pedras.
No total, Sumaré comprou mais de 3 mil toneladas de brita, num
investimento equivalente a R$ 130 mil. Recursos do ITR também foram
utilizados na aquisição de implementos agrícolas (roçadeira, PNA ??? Plaina
de Nivelamento Agrícola e pulverizadores).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE