Pref recolhe 15 mil tons de entulho

Resíduos da Construção Civil, móveis velhos, colchões ??? uma infinidade de
materiais inertes é recolhida todos os dias pela Prefeitura de Sumaré de
áreas verdes públicas, por meio da ???Operação Pente Fino???, deflagrada pela
Administração Municipal no fim do ano passado. 
De acordo com a Secretaria
de Serviços Públicos, que gerencia este serviço, até agora cerca de 15 mil
toneladas já foram recolhidas e destinadas em todo o Município apenas
nesta
atual etapa do serviço.
São materiais que foram depositados irregularmente por populares, causando
transtornos para quem mora próximo destes locais e criando criadouros do
Aedes aegypti, mosquito transmissor do vírus da dengue. 
Em Sumaré, a
situação já é de ???emergência para a dengue???, com 781 casos confirmados da
doença e uma morte até o dia 11 de março ??? mas mesmo assim o descarte
irregular de inertes em áreas verdes continua sendo realizado por uma
pequena parcela de pessoas com consciência comunitária.
A Prefeitura, através da Secretaria de Serviços Públicos, está fazendo sua
parte. 
Para recolher os materiais inertes acumulados em áreas verdes
públicas, a Administração Municipal contratou no ano passado, por meio de
processo licitatório, uma empresa especializada para a limpeza das regiões
mais críticas da Cidade e a destinação correta do entulho. 
Já passaram ou estão passando pela limpeza as áreas consideradas críticas
pela grande quantidade de entulhos. São áreas públicas municipais nos
bairros Portal Bordon, Vila Valle, Parque Rosa e Silva, Picerno, São
Domingos, Basilicata e Orquídeas (na Região do Picerno); Jardim
Marchissolo
(Centro); jardins Maria Antonia e Amélia (na Região do Maria Antonia);
Parque Santo Antônio, jardins Denadai, Danúbio Azul, Nova Esperança e
Calegari, residenciais Ypiranga e Bandeirantes 1 e parte da Vila Operária
(Região da Área Cura).


APOIO DA POPULA????O- 
Mas, sozinho, é quase impossível para o Poder Público manter estas áreas
comunitárias livres da sujeira. Apesar de a Fiscalização Municipal ser
constante e frequente, a grande dificuldade ainda é flagrar as pessoas que
cometem este tipo de crime ambiental. 
Por isto, a Prefeitura de Sumaré
conta com o envolvimento de toda a população para, juntos, conseguir
chegar
até as pessoas que costumam depositar os entulhos nas áreas verdes da
cidade.
Depositar entulho e lixo em áreas verdes públicas é Crime Ambiental e tem
multa prevista na Legislação Municipal no valor de R$ 1.448,00. 
A Prefeitura lembra que o acondicionamento, transporte e distribuição
final adequada dos restos da Construção Civil são de responsabilidade do
proprietário do imóvel que passa por construção/reforma. Ele deve
contratar
caçambas particulares de empresas especializadas para este serviço.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE