Pref deposita R$ 2,6 mi e quita 4,2 mil

A Prefeitura de Sumaré liberou para processamento do banco oficial nesta quarta-feira, 14 de setembro, uma terceira parcela dos salários dos servidores, de R$ 1.400,00 ??? o que corresponde a mais R$ 2.585.684,62 da folha do mês. Assim, já foram quitados os salários de 4.183 servidores ??? todos aqueles que ganham até 3.740,00 mensais. Os demais 1.240 servidores que ganham acima desse total (e que também já receberam os R$ 3.740,00) podem ter seus salários quitados na próxima semana, dependendo apenas da entrada de mais recursos de repasses nos cofres municipais.
O primeiro depósito, semana passada, havia sido de R$ 940,00. A segunda parcela, também de R$ 1.400,00, havia sido depositada pela Prefeitura nas contas de todos os servidores no dia anterior, terça-feira, 13 de setembro, quando já havia sido possível quitar os vencimentos de 2.795 servidores.
Representantes da Administração Municipal têm se reunido com servidores ao longo das últimas semanas para esclarecer a delicada situação financeira da Prefeitura, os motivos que causam o baixo fluxo de caixa no início de cada mês, as medidas que estão sendo tomadas para quitar os salários o mais rapidamente possível e também para conclamar a categoria a manter o atendimento à população sumareense neste momento de grave crise econômica nacional, que afeta todas as famílias brasileiras.
Conforme a Prefeitura de Sumaré tem explicado reiteradamente à categoria, à imprensa e à opinião pública em geral, o escalonamento dos salários dos servidores municipais é causado por motivo de força maior, muito além do poder de decisão da Administração Municipal: a queda na arrecadação própria e, principalmente, nos repasses constitucionais (a divisão obrigatória) de impostos pelos governos Federal e Estadual ??? por sua vez causada pela severa desaceleração econômica do Brasil.
Com exemplo, é citado o caso dos repasses do ICMS estadual ao Município, a principal fonte de receita da Prefeitura: em setembro de 2015, foi de R$ 14 milhões; já em setembro de 2016 será de apenas R$ 11 milhões, conforme projeções já divulgadas pelo Governo do Estado.
A Prefeitura de Sumaré ressalta novamente que permanece aberta ao diálogo com os servidores, mantém o compromisso de fazer tudo que for possível para pagar o mais rapidamente os salários a cada mês, e conclama a categoria a manter o pleno atendimento às famílias de Sumaré, que também sofrem com os efeitos nefastos da maior crise econômica da história do nosso país.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE