Pref. de SB orienta sobre prevenção ao Aedes aegypti

A Prefeitura de Santa Bárbara d???Oeste orienta sobre os riscos para as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti para as pessoas que pretendem viajar no Carnaval. O objetivo é intensificar os cuidados devido ao grande número de pessoas que deverão se deslocar para outras regiões no período, diminuindo a possibilidade de transmissão para dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela.

Segundo a Vigilância em Saúde, vinculado à Secretaria de Saúde, é importante que as pessoas que irão viajar verifiquem se a região para onde estão indo é área recomendada para vacinação contra febre amarela, procedimento recomendado prioritariamente para indivíduos que se dirijam especificamente para áreas silvestres e ribeirinhas. 
Nesse caso é necessário estar em dia com a carteira de vacinação. Além disso, é importante que os viajantes incluam na sua bagagem roupas de manga longa e repelentes para evitar serem picados por mosquitos.
Ainda segundo a Vigilância também existem algumas orientações importantes para as pessoas que irão receber visitantes durante os próximos dias. Os moradores devem garantir que seu imóvel esteja livre dos criadouros de mosquito. ?? importante vistoriar e inviabilizar e/ou proteger todos os possíveis criadouros, limpar as calhas, verificar as caixas d’água, tudo para impedir a presença de mosquitos no imóvel. Caso o visitante apresente sintomas como febre alta, dores de cabeça, dores nas articulações, a pessoa deve procurar assistência médica e que utilize repelente para impedir a transmissão do vírus para os mosquitos.
Em relação à transmissão do zika vírus, é necessário lembrar que o contato sexual também é uma importante via de transmissão, portanto é indispensável o uso de preservativo nas relações sexuais. As pessoas também devem ficar atentas após o retorno das viagens, principalmente em relação a possíveis sintomas. Se ao retornar a pessoa apresentar sintomas como febre alta, dor de cabeça, coceira, manchas vermelhas na pele, dor nos olhos, músculos e articulações, deve procurar imediatamente atendimento médico, informando o médico sobre os locais onde ela esteve antes do início dos sintomas. Estas informações podem auxiliar o diagnóstico, tratamento e, principalmente, especificar as ações de controle vetorial.
O aparecimento de casos importados de doenças transmitidas por vetores é esperado após o Carnaval, pelo fato das pessoas viajarem e frequentarem locais com grande circulação de pessoas, aumentando a probabilidade de contaminação.
Ações durante o Carnaval
A Campanha ???Todos Juntos Contra o Aedes aegypti???, promovida pela Prefeitura de Santa Bárbara d´Oeste, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde, prossegue no próximo sábado, nos imóveis dos bairros Jardim Batagin e Jardim Icaraí. Na segunda e na terça-feira, as ações de combate ao vetor seguem no Município de forma ininterrupta, com a realização de visitas casa a casa, retirada de criadouros e nebulização em áreas com suspeita de transmissão.
A Prefeitura segue diariamente com ações de controle do vetor realizadas pelos agentes de controle de endemias, como as visitas domiciliares para inspeção e orientação à população quanto às medidas preventivas, bloqueio, controle e retirada de criadouros, nebulização e bloqueio de transmissão, visita a pontos estratégicos e imóveis especiais, busca ativa de suspeitos e atividades de informação, educação e comunicação à população.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE