Pref. de CPS divulga nota sobre acidentes ocorridos hoje

Nota da Prefeitura de Campinas – Em relação aos dois acidentes ocorridos em Campinas, na manhã desta terça-feira, 23 de julho ??? um no Viaduto Cury e outro no Cambuí -, envolvendo ônibus do transporte coletivo municipal, a Prefeitura informa que, imediatamente após tomar conhecimento dos fatos, o prefeito Jonas Donizette acionou seu secretariado para que todas as providências fossem tomadas e que fossem priorizadas a assistência integral às vítimas e o início das investigações dos casos. O prefeito Jonas, inclusive, esteve no Viaduto Cury para conferir de perto os trabalhos.
 O acidente no Cury ocorreu às 5h30. Um ônibus articulado da linha 1.17 – itinerário Dic VI Corredor Central ??? caiu do viaduto. Um passageiro de 45 anos morreu. Dezenove pessoas sofreram ferimentos leves e foram encaminhadas para o Pronto-Socorro do Ouro Verde e para os serviços de Pronto Atendimento do São José e Campo Grande. O Samu e o resgate do Corpo de Bombeiros fizeram todo atendimento no local, com identificação das vítimas e encaminhamento dos pacientes. O outro acidente aconteceu às 8h20, na esquina das ruas Maria Monteiro e José Pires Neto, no Cambuí. Um miniônibus da linha 3.83 ??? itinerário Shopping Iguatemi, via Planalto ??? caiu num buraco raso de uma obra da Sanasa, que já estava em fase de conclusão. Na ocorrência, 16 pessoas sofreram ferimentos leves. Elas foram atendidas rapidamente pelas equipes do Samu e resgate do Corpo de Bombeiros e encaminhadas para os serviços de Pronto Atendimento do Campo Grande e São José, Pronto-Socorro Ouro Verde e Hospitais Santa Thereza e Beneficência Portuguesa. As causas do acidente estão sendo apuradas. Viaduto Cury O Viaduto Cury passou recentemente por reforma e se encontra em perfeita conservação, tanto em relação ao piso quanto às juntas de dilatação. No local foi realizado todo fresamento do piso e as juntas foram trocadas. Também foi feita a revitalização da sinalização, tanto na parte vertical (placas) quanto na horizontal (solo). 
Na época da reforma, a Secretaria de Infraestrutura iniciou estudos para a troca do guard rail, já que é necessária avaliação sobre estrutura do viaduto para que se saiba se ele comporta outro guarda corpo. Se não for possível a troca, ele será reconstituído, pois ficou danificado com o acidente.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE