Pref corta comida no HM e gera revolta

O corte e a redução no fornecimento de comida a servidores e a acompanhantes de internados no Hospital Municipal de Americana gerou revolta em servidores e usuários do sistema.
LEIA NOTA DA PREFEITURA 
As críticas principais se dão por conta do discurso do prefeito Omar Najar (PMDB) da falta de dinheiro e o governo seguir contratando- em especial na secretaria de Negócios Jurídicos.   

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE