Prazo para recursos do Residencial das Árvores

Moradores de Nova Odessa sorteados no programa habitacional Residencial das Árvores que tenham dúvidas ou questionamentos sobre o motivo do indeferimento da inscrição têm até esta sexta-feira, dia 07, para protocolar recurso. O protocolo deve ser feito diretamente na Prefeitura.

Diretor de Habitação, Tiago Lobo afirmou que todos os pedidos protocolados dentro do prazo serão respondidos. Segundo ele, o protocolo do mutuário será juntado ao Cadastro ??nico – feito durante o processo de habilitação ao programa – e encaminhado para análise da CEF (Caixa Econômica Federal).
“Vamos juntar todo processo do morador e enviar à Caixa para que responda os motivos do indeferimento”, afirmou. De acordo com o diretor, quem não protocolar o recurso dentro do prazo não terá o questionamento respondido.
“O projeto do Residencial das Árvores foi feito com total transparência e vamos dar todo suporte para que, quem ainda tem dúvidas, obtenha todas as respostas que precisa. Também temos interesse em investigar possíveis irregularidades e é o que estamos fazendo. Dando espaço para todos, mas de maneira organizada”, ressaltou.
DEN??NCIAS ??? Tiago afirmou ainda que moradores da cidade que tenham alguma denúncia sobre o programa habitacional também serão atendidos. “Atenderemos as denúncias na próxima semana, diretamente na Diretoria de Habitação”, disse. As denúncias também podem ser encaminhadas para o e-mail [email protected]
O diretor ressaltou, no entanto, que os denunciantes devem apresentar provas. “A pessoa deve apresentar a denúncia e, claro, a prova do fato para que possamos investigar”, afirmou.
VISTORIAS ??? Esta semana, a Diretoria de Habitação iniciou a vistoria dos apartamentos do Residencial das Árvores. Os mutuários habilitados estão visitando as dependências do condomínio e conhecendo um bloco de apartamentos e também a infraestrutura do local.
Durante a vistoria, o engenheiro da construtora passa informações técnicas aos futuros moradores como garantia de obra, cuidados necessários com redes elétrica, hidráulica e de gás e também orientações sobre o que é permitido e proibido no condomínio e sobre uso da área em comum.
Segundo Tiago, a expectativa é que esta etapa do processo, que tem presença do mutuário obrigatória, esteja concluída até o dia 20 deste mês. Após as vistorias, a Diretoria de Habitação realizará o sorteio dos apartamentos para que, em seguida, sejam realizadas assinatura de contratos e registro das escrituras em cartório. Finalizado o processo, a construtora pode entregar as chaves e autorizar a ocupação.
O PROJETO – O Residencial das Árvores é uma parceria entre os governos municipal, estadual e federal, por meio do Minha Casa, Minha Vida. São 720 apartamentos de 53 metros quadrados, divididos em três blocos que receberam os nomes de Ipê Roxo, Ipê Amarelo e Ipê Branco.
O Residencial conta ainda com estrutura de entretenimento e lazer com salão de festas, playground, campo de futebol e áreas de churrasqueira, convívio e caminhada.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE