Pra que serve o seu vereador

1. As Câmaras são ponto para se fazer debate (crise hídrica, mobilidade urbana, vagas em creches, atração de indústria, cultura com e além do cinema) atraindo especialistas e pessoas interessadas em ouvir e falar das cidades.
Nenhuma das câmaras da região faz o mínimo esforço para ser um espaço de debate público. A que mais se aproximou foi a de Americana, pressionada por alguns grupos organizados. A proximidade da eleição parece ter dispersado os interessados em projetos amplos.
Em Nova Odessa, o pano de fundo é saber quem será o vice do prefeito Bill (PSDB) em 2016 e a clara tentativa de enfraquecer o ex-prefeito Manoel Samartin (PDT).
Em Santa Bárbara d’Oeste, o ambiente próximo à política costuma ridicularizar o papel e a qualidade dos vereadores locais. Há lá um comando forte de advogados e vereadores temerosos de fazer inovações.
Sumaré foi a que mais sofreu no ano passado. O experiente Dirceu Dalben (PPS) foi cassado e agora a cidade discute se privatiza ou não o DAE- com a Câmara assistindo a prefeitura se mexer.
TR??NSITO, ÁGUA OU ESPERAR DEMAIS- Os vereadores preferem pedir lombadas a discutir saídas para o trânsito (como a proibição de estacionamento nos dois lados de ruas centrais). Talvez seja esperar demais dos vereadores, talvez as cidades tenham que esperar de mais.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE