PPS quer fundir com PMN e abrir janela

O Diretório Nacional do PPS aprovou sábado a fusão com o nanico PMN. As formalidades para a união serão tomadas esta quarta-feira em congressos extraordinários das duas siglas, em Brasília.
O ex-governador José Serra (PSDB) é cotado para ser a estrela do novo partido.

O presidente do PPS, deputado Roberto Freire (SP), afirmou que a fusão era discutida há anos e estava prevista para ocorrer no meio do ano, mas foi acelerada diante ???da tentativa de golpe??? do PT para dificultar o surgimento de novos partidos no país. Partidos da base governista tentam aprovar um projeto no Congresso Nacional que restringe os direitos das novas siglas de captar recursos do fundo partidário e partilhar o tempo de propaganda no rádio e na TV.

A ex-ministra Marina Silva e o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT), o Paulinho da Força Sindical, também tentam formar novas legendas.

“Com a tentativa de golpe representada pela votação no Congresso, na próxima semana, da urgência do projeto que quer impedir a formação de novos partidos, não há mais tempo a perder”, disse.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE